Pesquisar este blog

Traduzindo

domingo, 14 de junho de 2015

FUNDINDO O PRIMEIRO CHAKRA PESSOAL E PLANETÁRIO


FUNDINDO O PRIMEIRO CHAKRA PESSOAL E PLANETÁRIO – GAIA FALA

Por Suzanne Lie PhD
Em 08 de junho de 2015


GAIA FALA SOBRE SEU PRIMEIRO CHAKRA

MONTE SINAI, ORIENTE MÉDIO

Bem-vindos!
Agora eu os convido para visitar meu primeiro chakra.
Eu os recebo em meu corpo planetário, tal como vocês estão me 
permitindo fundir com seu corpo pessoal.
Como vocês podem ver na foto, meu primeiro chakra é o 
Monte Sinai.
O primeiro chakra é a raiz tanto da energia masculina pessoal 
como planetária.
Ele tem uma orientação de saída, que é simbolizada por sua 
localização no pico de uma montanha.

O Monte Sinai é a raiz da minha Kundalini, alfa e ômega 
da minha experiência de forma.
Muitos grandes ciclos de mudança começaram nessa montanha.
É minha base de operações, o lugar do meu poder.
É onde eu reúno minha vitalidade e iniciativa.

Há um importante vórtice/portal/wormhole nessa área do 
meu corpo, que tem influenciado grandemente minha evolução 
como um planeta e também sua evolução como uma pessoa.
É este portal interdimensional que é o verdadeiro prêmio 
cobiçado e pelo qual os muitos países agora batalham.

Eu, Gaia, estou permitindo minha Kundalini subir para 
encontrar meu Complemento Divino em minha Coroa.
Quando minha Kundalini subir para o meu Chakra da Coroa, 
meu Complemento Divino novamente se unirá a mim 
no Casamento Místico.
Desta vez, ao invés de me tornar um planeta e dar à luz a 
humanidade, eu me tornarei uma Estrela e darei à luz um planeta.

Nesse ponto, o ciclo estará concluído e o Jogo 3D terminará.
O portal para os mundo superiores no Monte Sinal abrirá 
completamente e a combinação de dimensões começará.


PRIMEIRO CHAKRA PESSOAL: BASE DA ESPINHA

Primeiro vocês combinarão seu primeiro chakra pessoal, 
na base de sua espinha, com meu primeiro chakra 
planetário no Monte Sinai.
Eu, Gaia, tenho um “corpo” físico na forma de um planeta 
que proporciona uma casa para o seu corpo físico.
Tal como seu corpo físico se comunica com sua consciência 
pelo estado de saúde, doença, conforto e desconforto, eu 
me comunico com vocês pela saúde de meu planeta.

Sua sociedade ocidental viajou tão longe na individualidade 
tridimensional que muitos de vocês perderam de vista o fato 
de que são membros de um todo maior.
Este esquecimento fechou o primeiro chakra, separou vocês 
de sua Consciência Planetária e os limitou a um pequeno 
fragmento do seu EU, que é o seu ego/eu de seu atual vaso 
terreno.

Se seu primeiro chakra está fechado para mim, é difícil para 
o prana infundir seu corpo físico.
Tal como uma lâmpada pisca quando não está suficientemente 
rosqueada no soquete, o prana não consegue circular 
eficazmente por um corpo que não está “rosqueado”.
Se vocês não estão aterrados, vocês também se sentem 
desconectados de mim, sua Mãe Terra, enquanto caminham 
sozinhos e desesperados por uma terra hostil em busca de um 
meio de sobreviver.

Seu primeiro chakra é regido pelas suas glândulas suprarrenais, 
que ativam sua consciência de Lutar ou Fugir.
A adrenalina é necessária para melhor sobreviver ao ambiente 
severo da realidade tridimensional.
Por outro lado, entretanto, excesso de adrenalina pode deixá-los 
sentindo-se ansiosos, nervosos ou raivosos.

Inversamente, muito pouca adrenalina pode fazê-los sentirem-se 
assustados como um pequeno rato num campo aberto.
Entretanto, os “falcões” não estão voando no céu acima de vocês.
Eles estão no escritório, na fila na loja, no carro ao seu lado e 
em muitos lugares muito populosos onde vocês precisam viver e 
trabalhar.

Felizmente, quando seu primeiro chakra está aberto e conectado 
a mim, sua Terra, vocês sentem uma sensação de proteção pela 
sua unidade com toda vida.
Então vocês podem se lembrar de que seu Espírito está vivo e 
conectado ao planeta.
Com este conhecimento, as fronteiras entre a realidade pessoal e 
planetária embaçam, e vocês podem mais facilmente receber o 
Fluxo de Energia Universal em seu corpo pessoal.


FUNDINDO CHAKRAS

Eu lhes peço agora para conectarem sua consciência ao seu 
primeiro chakra na base de sua espinha.
Enviem suas “raízes” bem profundamente no meu corpo Terra.
Visualizem-se sentados na base de uma árvore; conectem a 
base de sua espinha à base da árvore e encostem suas costas 
retas contra o tronco.
Olhem para cima para ver a luz do Sol entrando nas folhas.
Sigam a luz com sua consciência enquanto ela viaja pelas folhas, 
ramos, galhos e entra no tronco.

Quando a luz descer pelo tronco ela encontrará a coroa de 
sua cabeça.
Nessa junção, permitam que um pouco dessa luz entre em 
sua coroa e desça pela sua espinha enquanto ela simultaneamente 
desce pelo tronco da árvore.
Eventualmente, a luz alcançará a base da árvore e a base de 
sua espinha também.
Sintam suas raízes descendo de sua espinha para se fundirem 
com as raízes da sua “Árvore da Vida”, que está plantada 
profundamente na terra.

Com o seu primeiro chakra totalmente aterrado, permitam 
sua consciência continuar a descer para a minha Terra e envolver 
a sua Essência ao redor na minha Essência no centro do meu planeta.
Estendam sua consciência agora para imaginar que vocês 
lentamente estão retornando à superfície no Monte Sinai.
Com sua Essência fundida com a minha, vocês podem sentir a 
inquietação planetária antiga e persistente.
O primeiro chakra rege o elemento físico e o olfato.
Pessoalmente experimentem o físico do meu corpo, Terra.

Sintam a estabilidade calma do reino mineral dentro de vocês, 
a expressão distanciada, mas compassiva, do reino vegetal 
bidimensional e seus parceiros, os insetos.
Sintam a ondulação das minhas relvas e a constância das minhas 
florestas gigantes.
Experimentem o fluxo das minhas massas de água, desde as 
pequenas correntes até os vastos oceanos.

Sintam meus vales enquanto eles mergulham em seu corpo e 
o peso das minhas cordilheiras.
Sintam as muitas formas de vida que crescem, rastejam, 
ou pisam na terra, fluem no ar ou nadam nas águas.
Fundam com toda esta vida física da primeira até a 
terceira dimensão.
Cheirem esse mundo montanhoso, os arbustos, o deserto, 
o vento e as fogueiras de humanos visitantes.
Permitam que seu sentido primitivo do olfato os leve para 
uma memória antiga dessa área.
Agora vocês estão subindo o Monte Sinai para obter iluminação.

A jornada parece longa e difícil.
Vocês sentem as pedras duras sob seus pés e o sol quente 
batendo em sua cabeça.
Enquanto continuam sua subida, vocês sentem a inquietação 
planetária tridimensional antiga e persistente se entrelaçar com 
sua própria inquietação humana antiga e persistente.

Exaustos de sua subida, vocês tiram alguns momentos para 
relaxar numa caverna obscurecida.
Vocês se deitam nas pedras frias da caverna e 
fecham seus olhos.
Instantaneamente vocês estão viajando pela base da montanha e, 
uma vez mais, para o fundo do meu núcleo.

Uma vez nele, vocês veem um enorme portal interdimensional.
Vocês SENTEM seu chakra raiz ressonar a este portal para 
despertar seu portal pessoal interdimensional por muito 
tempo latente.
Assim que vocês reconhecem seu próprio portal, ele começa 
a se combinar com o meu.
Seu portal pessoal rapidamente começa a se fundir com o 
meu portal planetário.

Vocês despertam de sua meditação sentindo-se aterrados 
e iluminados.
Ao retornarem à sua subida, vocês sentem a estabilidade 
tranquila do mundo mineral dentro de vocês, a expressão 
distante e compassiva dos vegetais que crescem nas encostas, 
e os insetos que zumbem ao redor de seus tornozelos.
Vocês se sentem conectados a cada planta, cada inseto, 
cada pedra e todas as criaturas que se refugiam nas encostas 
rochosas e/ou voam no céu acima delas.

Você e eu, pessoa e planeta, somos UM.
Você é uma montanha antiga que sobreviveu outra 
e outra vez.
Você é sólido e paciente, e tem visto e vivido 
muito coisa.
Muitas pessoas têm procurado refúgio e iluminação 
em lares-cavernas de seu corpo.

Você, a montanha, sempre esteve conectada ao fluxo do 
Espírito pelo seu corpo.
Você, a montanha, é o portal, o portal do primeiro 
e do último.
Você é o Alfa e o Ômega.
Você começou este ciclo, e você, a montanha, 
o encerrará.

Quando vocês atingem o pico da montanha, nada os atemoriza, 
pois vocês viram tudo.
Vocês são infinitamente pacientes, pois vocês sobreviveram 
a tudo.
Vocês sentem o aterramento do Espírito na base de sua 
montanha, enquanto vocês também experimentam o mundo 
do pico de sua montanha.
Vocês ficam no pico mais alto da montanha que vocês são 
e gritam para o mundo abaixo:

Eu SOU tão antigo quanto uma montanha.
Eu SOU sólido e paciente, pois eu sobrevivi 
de novo e de novo.
Eu aterro meu Espírito na Matéria 
do Planeta.
Eu SOU um vórtice de transmutação!



Querido povo do meu planeta, eu retornarei para assisti-los na 
fusão com o meu Segundo Chakra na Amazônia Brasileira.

Até lá,
EU SOU Gaia, sua Mãe e o seu EU.

O QUE GAIA LHE DIZ HOJE?
Você gostaria de compartilhar essa mensagem com outros na 
seção de comentários?
Como foi sua experiência de combinar seu chakra pessoal 
com o chakra planetário de Gaia?
Escrever suas respostas às perguntas acima enriquecerá 
sua experiência dessas lições.
Eu adoraria que vocês compartilhassem o que desejarem, 
pois aumenta a unidade com o nosso processo.

Obrigada por se unir a nós.
Sue e Shawnna.



Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...