Pesquisar este blog

Traduzindo

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Expondo Sua Dor


Enquanto você não ficar consciente da dor escondida no seu inconsciente, ela não o deixará, ela permanecerá escondida. Exponha-a, traga-a para a consciência. Puxe-a para fora, onde quer que ela esteja escondida na escuridão interna, traga-a para a luz. 


Algumas coisas morrem com a luz. Se você puxar para fora da terra as raízes de uma árvore, elas morrerão. Elas necessitam da escuridão, elas vivem na escuridão, na escuridão está a vida delas. Assim como as raízes, o sofrimento também vive na escuridão. Exponha os seus sofrimentos e você descobrirá, eles morreram. Se você continuar escondendo-os dentro de si, eles irão permanecer seus companheiros constantes por muitas vidas.


A infelicidade tem que ser expressada.Compreenda uma coisa mais: foi de fora que você pegou as dores e as trouxe para dentro de si. 

Por favor, volte com elas para o lado de fora. 
A dor não é interna; todas as dores são trazidas do lado de fora.

Osho

APAGANDO CICLOS DE CONTROLE



Pelos Seres Celestiais Puros
Mensagem canalizada através de Natalie Glasson
21 de Fevereiro de 2015


Você está existindo no período mais sagrado na Terra, um momento de ativar e de aceitar as suas próprias vibrações de liberdade de sua alma.

Através da contínua presença do amor, muitas vibrações maravilhosas estão se ativando a partir de sua alma, para trazer a renovação, a força e maior harmonia a sua realidade, enquanto aumentam o seu alinhamento com o Criador em todos os níveis do seu ser. Você ainda existe na Terra, na Era do Amor.
  
Este período permanecerá com você e não irá se transformar na Era da Recordação até que tenha absorvido, ativado, compreendido e incorporado grandes volumes de amor. Até que se sinta tão repleto de amor que haja uma sensação de amor que transborda de seu ser, permanentemente.

Para apoiar esta mudança sagrada em seu ser enquanto você retorna a sua essência natural, uma onda vibracional de luz do Criador está envolvendo a Terra. Esta onda de luz já foi comunicada a você, sendo intitulada a Onda de Crucificação da Luz, devido a sua habilidade de dissolver todos os ciclos e hábitos desnecessários que prejudicam a sua evolução espiritual.

Esta energia ativa e traz a sua atenção tudo o que você não deseja contemplar e que está mantido em seu ser, como medos, memórias ou emoções, bem como traz à conclusão ciclos em que você esteve anteriormente focado para liberação.

Esta é uma energia muito poderosa com um efeito de limpeza e intenso despertar em seu ser. Se deseja que assim seja, isto pode ser a limpeza e o novo início pelo qual esteve esperando em sua realidade e em seu ser.

Nós o incentivamos neste momento a se concentrar na limpeza, na purificação, na liberação e na aceitação do amor durante este período de Ascensão. Ainda que esteja inseguro quanto a liberar uma energia ou hábito dentro de você, você pode dissolver mentalmente as ligações, sabendo que elas retornarão a você, se a energia não se destinar a ser liberada.

Você não pode realmente liberar tudo o que seja uma parte de sua verdadeira essência, somente aquilo que é uma falsa percepção, uma ligação (uma energia ou idéia a que está ligado), um falsa interpretação de si mesmo ou uma ferida.

Isto significa no processo de liberação, que você está aumentando a vibração do amor em seu ser e realidade, devido à sabedoria de liberar aquilo que não pertence realmente a você, criando espaço para maiores formas de amor, e aquilo que é a sua essência é reforçado e retorna a você, como maiores volumes de amor.

Todo o processo de apagar ciclos exige que você melhore um aspecto do seu ser, a um nível elevado. Há uma necessidade de desenvolver a sua observação e consciência de si mesmo e da realidade.

Reservar um tempo para estar ciente de suas ações, reações, pensamentos e emoções irão trazê-lo a um espaço de clareza e equilíbrio, onde você pode tomar decisões informadas, orientadas e apoiadas pela sua alma, decisões de liberação e de cura para si mesmo.

A sua observação de si mesmo irá exigir muita disciplina e domínio, uma vez que irá lhe pedir para se testemunhar quase como um estranho, observando e anotando aspectos de si mesmo. Isto não é julgar a si mesmo, em vez disso, o propósito é o de trazer mais amor a todo o seu ser e realidade.

A pergunta que lhe fazemos agora é: você mantém um nível de mestria, onde possa se observar e colocar um término aos ciclos de hábito, padrão ou de rotina, mesmo que eles sejam amados por você, sabendo que isto é uma oportunidade para que mais amor esteja presente?

Estar atento a si mesmo e observar-se é ver, sentir e reconhecer-se com clareza e um profundo amor.

Através deste processo com as energias da Crucificação, o Criador está pedindo que o amor seja mais plenamente incorporado em suas emoções e pensamentos, bem como em suas ações em relação a si mesmo. O amor está disponível dentro e fora de você para a sua incorporação e experiência.

Quando você se observa, está dissolvendo ciclos de controle, originados da ilusão e da compreensão errônea de sua verdade. Na realidade, você está aceitando a responsabilidade e dissolvendo todas as formas de controle.

FORTALECENDO A SUA CONSCIÊNCIA

Queremos convidá-lo a realizar uma pequena prática ao longo do seu dia, a fim de melhorar a sua capacidade de se observar e estar consciente de si mesmo. Desta forma, você irá começar a ver padrões em suas ações, reações, pensamentos e emoções que já não estão alinhados com a verdade da sua essência.

Todas as vezes que você puder, ao longo do dia, reserve um momento para inspirar e expirar profundamente uma vez, e em seguida, diga em sua mente ou em voz alta:

“EU SOU presente em meu corpo, com sucesso, como eu e a minha alma desejamos.”

Isto significa: “EU SOU”, o Criador está presente aqui e agora, neste exato momento em seu corpo físico.

O Criador é a sua alma. Sua alma é um aspecto do Criador trabalhando através do seu ser e do seu corpo com sucesso,conclusão e realização, guiada pela vontade divina do Criador.

Esta é uma afirmação poderosa que lhe traz ao alinhamento com a sua alma, com o Criador/com o amor, permitindo-lhe observar com clareza tudo o que você é, tudo o que você deseja ser e tudo o que deseja deixar de lado.

Uma vez que tenha realizado esta prática, continue o seu dia, observando que quantas mais vezes você a realizar ao longo do seu dia, mais poderosa ela se tornará em centrá-lo e equilibrá-lo. Com a prática, você pode descobrir a cada vez, que renovou a consciência de si mesmo.

PRATICANDO A AUTO-OBSERVAÇÃO

Nós o convidamos a fazer uma lista de todos os aspectos de si mesmo com os quais ficaria feliz em deixar ir, para trazer mais alegria, amor e felicidade a sua existência.

Sua lista pode incluir os medos dos quais você deseja se libertar, mesmo que haja evidência de uma razão para o medo, os pensamentos que o levam à tristeza ou perturbação de qualquer tipo, às emoções do passado que ainda permanecem com você, as lembranças que continuam a lhe causar dor e sofrimento, hábitos de alimentos ou bebidas que lhe causam danos ao seu corpo físico, as reações que não estão alinhadas com o amor dentro de você e as ações que são simplesmente hábitos e rotinas, que não lhe servem mais.

Por favor, faça um lista e adicione informações a ela ao longo do seu dia, para aumentar a sua consciência de si mesmo. Então, durante um período em silêncio ou em meditação, reserve um tempo para observar a sua lista.

Pergunte-se: qual é a mensagem que estou tentando dizer a mim mesmo? O que desejo saber? Há um padrão? Está na lista um reflexo da energia dentro de mim, que deseja ser curado?

Reserve um tempo para contemplar e ganhar alguma inspiração.
Você pode nos pedir a cura, nós, os Seres Celstiais Puros.
Neste momento, ela sempre lhe será concedida.

APAGANDO CICLOS

Com a nova compreensão, você pode ser solicitado a reconhecer a energia que se tornou um hábito em sua realidade, e assim será preciso que a sua consciência a libere ao longo do seu dia. Quando você reconhecer a mesma energia que descobriu em sua lista, nos aspectos do seu dia, criada por si mesmo, então, você pode desejar:

Inspirar e expirar profundamente uma vez, e, então, dizer, em sua mente em voz alta:

“Eu Sou presente em meu corpo, sendo bem sucedido como eu e a minha alma desejamos. Eu me entrego a este ciclo e a sua energia envolvida em meu ser e consciência. Estou curado agora. Eu Sou a liberdade de minha alma. Eu me envolvo no amor.”

Inspire, expire, como se você estivesse liberando tudo dentro de você, deixando de lado tudo o que já não é necessário, fluir a partir do seu ser, eternamente. Em sua próxima inalação você pode se lembrar como amor.

A CURA COM OS SERES CELESTIAIS PUROS

Queremos convidá-lo a experimentar uma cura profunda com as nossas energias para apoiar a extinção dos ciclos que dificultam sua expressão e a sua existência como amor. Em um momento de silêncio, simplesmente diga em sua mente, ou em voz alta:

"Seres Celestiais Puros, eu invoco as suas vibrações puras, amorosas e sagradas da cura celestial para que fluam sobre e através do meu ser. Por favor, tragam todo o meu ser ao equilíbrio e harmonia com a vibração mais pura de amor, dentro do meu coração e alma. Por favor, limpem e dissolvam todos os ciclos reconhecidos e não reconhecidos por mim, que impedem a minha aceitação do amor. Por favor, ajudem-me a dissolver ........ (o que você deseja apagar), ancorando suas vibrações puras de cura no meu ser. Agora eu escolhi lhes entregar as energias, pensamentos, emoções e padrões aos quais estou apegado, com uma compreensão errônea da minha verdadeira essência e ser. Por favor, trabalhem comigo diariamente, até que a energia que eu escolhi liberar, seja apagada permanentemente. Abro-me inteiramente para receber a sua cura agora. Obrigado, Celestes Seres Puros.”

Você pode desejar se sentar ou deitar, inspirando as vibrações de cura que lhe enviamos.
A cada expiração, saiba que você está apagando os ciclos que não são mais necessários.
Aprecie, enquanto nós o envolvemos em nossa luz de cura e em nosso amor.

A cura e o Apoio estão sempre disponíveis a você.

Os Seres Celestiais Puros

http://stelalecocq.blogspot.com/2015/02/apagando-ciclos-de-controle.html
www.omna.org
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Diante do Portal


Quando eu estiver diante do portal,
para lá da ponte,
para lá do homem,
para lá de mim,
tu me perguntarás:

Ultrapassaste o país?
Ultrapassaste a ponte?
Ultrapassaste o homem em ti?
Ultrapassaste a ti mesmo?

Direi então: tudo isso foi ultrapassado?

Mentir é impossível
pois ver-te-ás a ti mesmo em mim;
e o que de ti em mim não vires,
será por mim em mim sentido:
isso não foi ultrapassado.

Manda-me então de volta
à ponte,
ao país,
aos homens,
a mim mesmo,
para lá dissolver o resto
que não foi ultrapassado,
o que não reconheceste de teu.

E quando eu voltar
à ponte,
ao país,
aos homens,
a mim mesmo,
então saberei:
que nada nada mais resta em mim
que te impeça de seres tu mesmo em mim.

(Emiel de Keyser)

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

O DESEJO DE SENTIR-SE MELHOR



Por Andrew Martin
Em 13 de janeiro de 2015



Muitos de nós lutamos com a sensação de estar trancados em padrões comportamentais ou percebemos que o que costumava nos fazer sentir melhor não funciona mais.
A consciência de que algo não funciona mais é uma coisa, mas fazer conscientemente novas escolhas pode parecer às vezes uma tarefa impossível.
Quando não conseguimos nos livrar de um comportamento, uma das razões pode ser que ainda não sentimos a sensação que o controla. 

O impulso de agir é simplesmente um convite para trazer à nossa consciência as sensações que acompanham o impulso.
Quando podemos ver uma ordem para agir vinda do ego como uma oportunidade de simplesmente observar a ação ao invés de se identificar com ela ou envolver-se com ela, então podemos começar a explorar a verdadeira motivação por trás de qualquer ação: o desejo de sentir-se melhor.

Quando nos permitimos reconhecer as sensações atrás das ações e deixamos que elas passem por nós, começamos a fazer a conexão entre sensação e ação.
Só agimos conforme um impulso porque acreditamos que ele nos trará uma sensação melhor.

Agimos sem pensar porque quando nos sentimos "mal", o nosso ego nos diz "você se sentirá melhor quando você agir”.
Mas, com que frequência temos um comportamento que pensamos que nos trará alívio só para perceber que ele de fato nos faz sentir pior?
Essa é a ilusão através da qual o ego funciona.
Ele só conhece aquilo que já funcionou antes.
Mesmo quando aquilo que funcionou não funciona mais, o ego não vê isso.
Ele continuará enviando as mesmas ordens para agir na forma de impulsos para evitar sentir-se "mal".
Quando começamos a observar compassivamente o que o ego está ordenando que nós façamos, e olhamos além do impulso de agir, logo começamos a explorar as sensações.

Quando nós sentimos antes de agir, muitas vezes descobrimos que as nossas ações não nos trarão de fato as sensações que desejamos.
Essa é a chave.
Observe a ordem para agir como ela é… simplesmente um impulso do ego.
Depois de observar o impulso, sinta as sensações que estão por trás do impulso… você começará a ver que em geral essas são sensações que o ego está tentando evitar que experienciemos.
Quando podemos nos permitir reconhecer essas sensações e vemos que elas só querem a nossa atenção e o nosso amor, então começamos a ver que elas não querem nos destruir ou controlar.
Elas só querem que nós as sintamos.
Tememos muitas vezes as nossas sensações porque o ego nos diz que devemos temê-las.
Quando vemos que as sensações são simplesmente um estado vibracional e que uma vez que elas foram reconhecidas elas podem ser modificadas, começamos o processo da cura.
É preciso foco, compaixão e desejo de mudar.
Quando sentimos antes de agir, então começamos a transcender os nossos padrões e comportamentos que nos mantêm trancados no indesejável ou indesejado.

Você tem que sentir para se curar.



Copyright©Andrew Martin. Todos os direitos reservados.
Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere ou edite de forma alguma, o conteúdo permaneça completo e você inclua esta nota de copyright e o link:
Tradução: Aline Machado: linecmachado@gmail.com


A Indiferença Pode Ser Uma Energia Muito Dolorosa



Nós temos falado sobre os atributos a serem procurados para os novos relacionamentos, mas e se vocês desejam melhorar um relacionamento em que já estão?
Gostaríamos de discutir isto hoje.

Muitas pessoas perdem seu equilíbrio no relacionamento por colocar todo o seu foco no que seu parceiro está fazendo.
Nós os recordamos que a única coisa sobre que vocês têm controle é você mesmo.
Por recobrar o foco, vocês voltam para o seu poder autêntico.
Então, por praticar o amor-próprio e se concentrar em seu próprio crescimento e evolução, seu mundo naturalmente mudará para refletir de volta para vocês essas mudanças.

Queridos, as pessoas não perdem o amor, elas perdem a apreciação.
Lembram-se de quanto vocês amaram tudo em seu parceiro assim que o conheceram?
De como era maravilhoso e como as coisas foram melhorando cada vez mais?
Vocês estavam focalizados positivamente, o que lhes trouxe mais do que vocês amavam!
Vocês podem voltar a essa posição amorosa e grata em relação ao seu parceiro sempre que quiserem, o que estaria energeticamente apoiando aquilo de que vocês gostariam de ter mais.

O último elemento que vocês podem desejar usar para transformar seu relacionamento que já existe é estar totalmente presente com seu amado.
A indiferença pode ser uma energia muito dolorosa.
Honrem seu amado com a sua atenção.
É como vocês mostram ao outro como amado, aceito e valioso ele é para vocês.
Por estar presente e aceitar, vocês se tornam uma pessoa segura para o outro, e ele naturalmente desejará se conectar mais com vocês.

Nós entendemos que com o passar de anos pode ser fácil se tornar complacente com seu parceiro.
Se vocês empregarem os passos a que nos referimos hoje, é possível tirar a poeira de seu relacionamento e mudá-lo de volta para algo mais amoroso, mais cuidadoso, mais conectado e agradável para todos os envolvidos.
Se não mudar, pode ser que seu relacionamento tem que seguir seu curso e é hora de partir.
Se for este o caso, vocês serão capazes de deixar ir sabendo que vocês deram a ele toda oportunidade para se tornar tudo que poderia ser.

Arcanjo Gabriel



Arcanjo Gabriel através de Shelley Young


Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Estás Onde Está Teu Foco



Estás Onde Está Teu Foco

Enquanto te preocupas com quem te inveja e puxa (supostamente) teu tapete, a vida segue em cores e fatos inusitados plenos de novidades e alegres surpresas.

Enquanto só falas da roubalheira ao teu redor e de pessoas que não prestam, enganam e ludibriam, mostras onde está teu foco em letras garrafais e neon e então pode-se compreender o motivo pelo qual tua vida parece sem cor.

Enquanto te unes aos choramingos de outros e outras, cujas vidas também se mostram descoloridas e des-graçadas (sem graça), visando mostrar ao mundo o quanto és feliz e satisfeita com sua atual situação, o som se assemelha mais a um grito de socorro e lástima, um deboche que não dá certo, por mais que tente.

Apesar de tudo, a vida segue em harmonia e alguma sinuosidade.
Espero que encontres a paz interior, focando em ti.
Mas se não, está tudo certo para mim.

Angela Cunha


Espaço Terapias Integradas

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

O PODER DO EU INTERDIMENSIONAL


Jeshua
Através de Judith Coates
3 de Fevereiro de 2015


Nesta mensagem, faremos um exercício que irá levá-lo a um novo nível de sentimento, um novo nível de percepção, um novo nível de saber quem você é, e a energia da capacitação desse novo entendimento.


Você teve visões do que você quer fazer, ser, realizar e você está perguntando: "Como faço para chegar a esse espaço? Como posso me mover a partir daqui que eu entendo e em que me sinto confortável para um lugar onde seja mais amplo e mais na manifestação da percepção que eu tive?"

Nós faremos uma meditação agora que irá abrir portas e janelas para que você possa conhecer mais o seu verdadeiro Eu.

Deixe confortável o seu corpo, como ele quiser estar, e eu gostaria de sugerir que você relaxasse os olhos. Então, permita-se uma respiração tranquila. Sinta em cada inspiração que você se interioriza mais. Sinta a cada expiração que você está se afastando das distrações externas. Permita-se sentir a paz.

Visualize, se quiser, uma colina, um outeiro gramado, e sinta-se no topo desta colina olhando para os seus arredores, para o que quer que esteja ao seu redor. Há árvores, flores? Existe água? Há pássaros? Existem outros animais? Coelhos? Basta observar e olhar. Veja o que vem até você.

Você está em pé no topo da colina gramada, olhando para baixo da colina, além das árvores, para a água. Olhe para o céu. Qual é a cor dele? Existe uma nuvem ou duas? Qual é a forma da nuvem? Está se movendo? O que você vê no olho da mente que traz a paz? A brisa de verão, talvez? As árvores balançando ao vento, a grama se movendo? Talvez seja a grama alta; talvez seja a grama curta. Visualize. Como você se sente?

Em seguida, leve-se do alto da colina gramada para o céu, para esta nuvem que está lá em cima. Não se preocupe com nada que esteja logo abaixo. Sinta-se na nuvem, flutuando tranquilamente, olhando novamente para baixo, para o outeiro gramado. Sinta-se livre, para sentir, para voar, para ser. Apenas, seja.

Sinta-se confortável na nuvem, sinta-se elevar acima da nuvem, mais além, de modo que possa olhar para baixo para a nuvem. Conheça-se como uma nuvem, e, ainda, você está acima dela, olhando para ela, e saiba que ela realmente o tem apoiado, quando nela esteve sentado, mas agora você está acima dela, olhando-a.

O seu ser humano, o seu corpo físico se eleva ainda mais, ao espaço onde há apenas um conhecimento do Ser que você é, um espaço que está acima de qualquer dimensão, de qualquer realidade.

Você pode ver as realidades de vidas passadas, realidades de vidas futuras.
Divirta-se com isto por um momento.

Quem você foi? Onde você esteve? Como foi? Como vai ser? Permita-se imaginar como será o que você chama de próxima vida. Você vai ser um ser humano, ou você vai ser um pássaro? Você irá ser um peixe nadando no vasto oceano, sabendo-se livre, apoiado pela água, apoiado sempre pela sua divindade?

Você será a grande pantera? Será que você talvez tenha o pensamento de ser o avestruz, ou talvez o macaco? Uma girafa? Qualquer coisa que você possa imaginar. Você pode ser humano e você pode ser qualquer outra forma que queira ser.

Você está entre as dimensões, não tendo que estar em um local de uma dimensão ou de uma realidade, mas você está observando, você está assistindo de qualquer dimensão que queira assistir.

Saiba que verdadeiramente a sua energia está em qualquer dimensão que você deseje criar, qualquer forma que você deseje criar, qualquer ser, porque você é a extensão criativa do Criador, e agora você está tendo uma experiência de não estar preso a qualquer dimensão, a qualquer realidade.

Você está se permitindo flutuar, ser livre, brincando com a imaginação, com quem e tudo o que você queira ser. As visões virão para você e passarão. Você não tem que se ligar a uma, ou você pode, se quiser. Permita que elas venham. Saiba o que você foi. Saiba o que você irá ser. Basta assistir. Veja como tudo passa diante e dentro de você, porque, verdadeiramente, toda a realidade que você cria, vem do interior.

Saiba que você pode criar qualquer realidade que queira, quando você acessa o espaço do Eu Interdimensional e você não está com um foco em qualquer dimensão, não está atado a uma determinada caixa de uma dimensão, mas você está flutuando, você está livre, está tranquilo e você está se divertindo com as ideias diferentes, de formas, ou de maneiras de ser.

Você está ainda mais longe do que o espaço de que você tem falado e, ainda assim, você é o espaço interno que está criando e vendo. Permita-se imaginar as diferentes formas de ser e saber que realmente nenhuma dessas formas engloba todos vocês, porque vocês são muito mais do que qualquer forma. Mas basta ver as formas, enquanto elas vêm e passam.

Algumas das formas irão lhe chamar mais a atenção do que outras e você pode se demorar mais nas formas que lhe sejam mais atraentes. Talvez, como dissemos, seja o pássaro gigantesco, a águia que você conhece. Talvez, seja o uirapuru, um cardeal, o brilhante cardeal macho. Talvez, você seja uma grande baleia. Talvez, seja o leão ou a leoa. Talvez, seja o rei ou a rainha, ou, talvez, o ajudante de cozinha. Isto, realmente, não importa, porque cada ser é divino.

Assim, você está entre dimensões, você vê como tem sido o seu mundo e você vê bolsões de alegria. Você vê famílias que estão felizes. Você vê outras famílias onde há tristeza, onde não há acordo, onde não querem estar na companhia uns dos outros. Você conhece este sentimento, mas você também conhece a alegria do amor e de ser feliz e aceito.

Você olha para o seu mundo e vê as áreas em que irmão está falando contra irmão, talvez, até mesmo, carregando armas para acabar com a forma. A energia de ser nunca pode ser afastada, mas pode-se pedir para que seja liberada a forma e, às vezes, isto está acontecendo.

Às vezes, há áreas de doença onde o corpo está enfermo, não está tranquilo, sem conhecer a sua totalidade. Permita-se ver estas áreas que, talvez, não estejam em paz e envie o seu conhecimento da paz para uma área na sagrada Mãe Terra ou a qualquer outro corpo celeste onde haja vida.

Saiba que você é poderoso. Você é o Cristo. Vocês é a Luz da divindade. Você é o poder da totalidade. Você é o poder da Unidade, e você é uno com tudo o que você vê. É por isso que, quando você imagina certas áreas, você sente a energia desta área e o que está acontecendo lá.

Você sabe que é criativo e você está criando cada realidade, todas as dimensões que você vê. Você envia a sua energia de paz a todas as dimensões, porque você deseja conhecer a totalidade e você deseja conhecer a Unidade na totalidade. Você é muito poderoso.

Você ainda tem que entender o seu poder, e, ainda, como você está entre as dimensões, entre as realidades - com “r” minúsculo, você pode olhar para todos os acontecimentos, todas as formas de energia, e pode abençoá-los com a energia da paz.

Saiba que, realmente, cada vez em que você concentra a energia na forma e fora da forma, você está enviando a divindade, a sua energia divina para ela. É o quanto o seu foco é poderoso. Quando você se sentir e se conhecer como Um, com tudo o que estiver vendo, isto tem que mudar, quando a sua ideia e a sua aceitação muda. Isto tem que mudar, pois você é a energia que o alcança e o afeta.

Permita-se agora retornar à nuvem, sentando-se na nuvem e olhando para baixo, para a colina. Agora há pássaros, agora há um esquilo e uma raposa, formas que saem do bosque para sentirem a sua energia. E agora você está na colina, observando a borboleta que pousou em sua mão. Você a deixa ir, sabendo que a sua energia a acompanha.

Você caminha pela grama alta, sentindo-a acenar e acariciar as suas pernas e pés, até que você chega na parte inferior da colina. Agora você foca os seus olhos, sentindo-se de volta à sala.

(Pausa)





Agora, eu tenho uma pequena lição de casa para lhe dar.

Pela manhã, tire um pedaço de papel de qualquer tamanho, de qualquer cor, com linhas ou sem. Eu sempre recebo estas perguntas: “Bem, Jeshua, de que tamanho deveria ser o papel? Qual a cor? Com que tipo de caneta eu deveria escrever? Precisa ter linhas?” Não. Qualquer coisa em que deveria escrever.

Eu quero que você escolha um tema de algo que você sabe que está acontecendo no mundo. Há áreas em que há conflito em andamento. Há áreas onde há a doença acontecendo. Ainda mais perto de casa, há aqueles que não estão em paz. Eu quero que você se concentre sobre o que parece não ser sagrado, do ponto de vista do Eu Interdimensional, que está no alto da colina gramada, na nuvem, no espaço entre as dimensões e observe o que está acontecendo.

Veja o que está acontecendo. Então lembre-se de onde você está, olhando para isto.
Em outras palavras, você não está embaixo dele.

Entre nele, em primeiro lugar, para que você saiba com o que você está trabalhando e, em seguida, eleve-se tanto quanto possa ir, fora desta dimensão, olhando para o mundo ou para a família ou para os colegas de trabalho ou qualquer coisa em que você escolha colocar a sua energia, a energia da totalidade. E eu quero que você abençoe tudo o que você escolheu como seu tema.

Se for você mesmo, não há problema. Você pode se escolher como o objeto do foco – permita-se a nova visualização a partir de um espaço diferente, de uma perspectiva diferente e leve-se a este espaço de meditação, mas não para um espaço que diga: “Bem, eu nada posso fazer. Sabe, Jeshua, este problema é muito grande. Nada posso fazer com isto.”

Sim, você pode.
É isto que eu quero que você experiencie.

Eu quero que você tenha pelo menos um vislumbre de uma nova perspectiva e como você pode abençoar qualquer situação que escolher. E como eu já disse, você pode se escolher, ou você pode escolher algo que pareça estar a milhas e milhas de distância, do outro lado da sagrada Mãe Terra, qualquer tipo de conflito que esteja acontecendo, e envie a sua sagrada vibração a partir de uma nova perspectiva .

Porque Eu vou compartilhar com vocês um segredo que não é um segredo.

Quando você estiver olhando para o que quer que pareça estar errado e que precise de ajuda, você pode obter um insight, uma visão interior que diz: "Algo está sendo concluído aqui. Algo está em ordem divina que eu não tinha visto e que os meios de comunicação não viram. Pode haver algo acontecendo aqui, que seja maior do que aquilo que parece ser. Pode ser mais sagrado do que parece ser."

Ainda que você se escolha e você tenha algo acontecendo em seu corpo com que não esteja confortável, permita-se no estado de meditação sentir uma nova perspectiva. O corpo irá atendê-lo, contanto que a alma tenha determinado o que você quer ser e tenha lhe dito que você estará aqui para servir.

Assim, escolha um tema.
Pegue a sua caneta e o papel.
Escreva o que você acha que está acontecendo.

Então, permita-se uma respiração profunda, o tempo de sossego e volte à colina gramada. Volte para o alto da colina gramada. Retorne à nuvem. Leve-se acima da nuvem. Leve-se para fora da dimensão e veja o seu tópico e sente-se com ele por pelo menos cinco minutos; talvez, por mais tempo. Em seguida, volte a concentrar-se e escreva o que você viu a partir de uma nova perspectiva.

Esta é uma técnica poderosa que pode ser utilizada em qualquer situação, ou pessoa, ou grupo de pessoas. Ela permite que você saia do pensamento dimensional limitado, para o Eu Interdimensional e sua visão mais ampla, mais verdadeira. Volte muitas vezes para o espaço acima da nuvem, livre na não dimensão.

Permaneça frequentemente como o Eu Interdimensional.
Eu irei acompanhá-lo.

Que assim seja.


Jeshua ben Joseph (Jesus), expressando-se através de Judith Coates




http://stelalecocq.blogspot.com/2015/02/jeshua-o-poder-do-eu-interdimensional.html
http://oakbridge.org
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...