Pesquisar este blog

Traduzindo

sábado, 25 de fevereiro de 2017

ETAPA INICIAL DE SEPARAÇÃO DAS FREQUÊNCIAS DA TERRA


ETAPA INICIAL DE SEPARAÇÃO 
DAS FREQUÊNCIAS DA TERRA
MENSAGEM DE SANANDA 
CanalizadO por Jenny Schiltz
20/02/17

Estamos bem no meio de dois eclipses e podemos sentir que algo importante está mudando. Em dezembro, eu compartilhei que em março, as frequências (3D, 4D e 5D e além) começariam a separar-se. Estamos nas etapas iniciais disso agora.
  
Observamos, com uma clareza cada vez maior, as maneiras com que cada frequência produz determinada sensação internamente, e somos convidados a escolher onde queremos residir, que frequência queremos para criar a nossa realidade.

Tudo o que não vai permanecer nas frequências superiores está diante de nós, se tomarmos o tempo para observar, simplesmente. Observar requer estar presente dentro de si mesmo, e não se permitir ser capturado pela insanidade do mundo externo.

O ego pode parecer que está ficando mais ruidoso internamente, visto que está implorando para não ser dissipado, mas integrado com amor em nosso ser. Há uma qualidade para essa energia que está exigindo que fiquemos quietos e realmente escutemos os pensamentos e crenças interiores. Qualquer coisa que não combinar com a sua alma, sua verdadeira natureza mostrará.

Fisicamente, muitos estão sendo desafiados. Não enfrentei sintomas físicos tão intensos desde 2012, e estou descobrindo a necessidade de me afastar de todas as maneiras que a minha energia consegue fazê-lo.

Estamos passando por profundas mudanças celulares que se intensificam quanto mais incorporamos nossa alma (o que nos transforma completamente) e liberação da resistência interna. Nossos corpos precisam se fechar para processar, e quando eu perguntei por que, ouvi: “Para manter a homeostase”.

Em outras palavras, nos fechamos durante essas atualizações para manter um equilíbrio dentro de nossos corpos. Se não honrarmos essa necessidade de descansar, ficar quietos, podemos nos descobrir muito doentes.

O que está acontecendo é que extraímos toda a última reserva que temos a fim de manter o equilíbrio em nossa mente, corpo e espírito. Estamos literalmente aproveitando cada truque que aprendemos durante os anos para permanecermos presentes e com o coração aberto.

Hoje, mantive uma conversa com Sananda, para obter um maior esclarecimento acerca da separação das frequências. Espero que estas Perguntas & Respostas os ajudem a lançar um pouco de luz no que está acontecendo.

Eu: Você pode me falar sobre o que está acontecendo na Terra exatamente agora?

Sananda: Sim, vocês estão em um momento anunciador, em que cada um deve escolher internamente que frequência é a mais dominante.

Eu: Quando você diz, frequência, isso é a mesma coisa que dimensões?

Sananda: Sim, mas dentro de cada dimensão estão milhões de frequências. Cada uma com a própria nuance, a própria assinatura.

Eu: Quando você diz isso, um seletor de rádio me vem à mente. Nós que devemos sintonizar na frequência e que devemos expandir nossa antena para acessar as estações mais elevadas.

Sananda: Sim, essa é uma boa analogia. O que se descobrirá é que, à medida que expandem o seu alcance para as frequências superiores, as inferiores não serão mais acessíveis.

Eu: Relatou-se que a terceira dimensão entrou em colapso. Isso é exato?

Sananda: A base que mantém essas frequências disponíveis dentro da matriz entrou em colapso, no entanto, os indivíduos podem ainda estar apegados a essas frequências em sua forma.

Eu: Você pode me explicar isso melhor?

Sananda: O padrão que distingue a terceira e a quarta dimensões é a dualidade. Onde quer que se permita cair em julgamento, está-se apegando a essas frequências inferiores.

Eu: Esse é um conceito difícil para as pessoas. Fomos treinados para ver o bem versus o mal, direito versus errado, republicano versus democrata etc.

Sananda: Sim, é por isso que é tão difícil para as pessoas ultrapassarem esses conceitos, mas é necessário para que a sua alma possa avançar. Pedimos que cada pessoa examine o que lhe foi dito, que versão da realidade ela alimenta e veja onde não está em pleno alinhamento com a sua alma.

Muitos constatarão que a verdade não é discernível. Com essa percepção, eles serão capazes, então, de distanciar-se das crenças que não são mantidas pela experiência pessoal. No entanto, há muito desconforto, quando se percebe que ocorreu uma manipulação tão grande. Alguns vão escapar para o seu mundo de dualidade e apegar-se ainda mais a ele, enquanto outros começarão a ver que a jornada da verdade é apenas encontrada ao se voltar para dentro de si mesmos.

Eu: É por isso que as distorções em nosso mundo parecem estar ficando cada vez mais ruidosas?

Sananda: Sim, em seu mundo, as sutilezas são perdidas com frequência, visto que há muita distração. Consequentemente, o que é impreciso, o que é distorcido deve ficar mais claro para ser ouvido sobre o ruído.

Eu: Certo, então me explique o que está acontecendo com as frequências? Como este é o momento de escolha?

Sananda: Todas as frequências estão à disposição para todas as pessoas, o que se deve fazer é alinhar-se com a frequência predominante a fim de acessar essa realidade. Isso ainda é verdade, todavia, virá uma separação. Em um momento se pode sentir a unicidade do que foi chamado de quinta dimensão, enquanto no próximo, a pessoa pode de achar perdida nas emoções inferiores.

Não estou dizendo que as emoções de tristeza ou mesmo a raiva não sejam sentidas nas frequências superiores, porque elas são. Contudo, o modo como se passa por essas emoções muda. Em vez disso, essas emoções, quando sentidas internamente, as frequências mais elevadas permitem que se veja quais ajustes podem ser feitos naquilo que afetará a criação externa da sua realidade.

Com a separação das frequências, o alargamento das lacunas entre cada agrupamento vai ficar muito mais difícil para se passar sem problemas das frequências inferiores para as superiores.

Me: Certo. Então, qual é a melhor maneira de se permanecer nas frequências?

Sananda: Compreenda que esse processo, embora esteja começando, acontecerá lentamente, para permitir a prática. A pessoa deve olhar para o que lhe está sendo mostrado por meio de suas emoções e interações. Onde há desarmonia? Onde há limitações? Onde está alguém percebendo como as suas crenças e as informações permitissem que se mantivesse no devido lugar?

Esse é o motivo pelo qual alguns estão sentindo muito desconforto interno. É por isso que eles acharão quase impossível permanecer dentro dos limites de sua realidade fabricada.

Eu: Então, sob o seu ponto de vista todo o caos de nosso mundo é uma coisa boa?

Sananda: Sim, é uma coisa muito boa, visto que são os sinais de que as pessoas estão pressionando contra as cadeias do sono. O desafio é para que aqueles, no meio do despertar, encontrem a própria verdade e não aceitam cegamente o outro. O caminho do despertar conduz à auto-percepção de que não se deve nunca ceder o poder, porque fazer isso é simplesmente permitir uma forma diferente de sono.

Eu: Você tem esperança para a humanidade?

Sananda: Temos uma tremenda esperança para a humanidade. Há muitos que estão trabalhando, de modo aplicado, para infundir o seu planeta com o amor incondicional. O amor incondicional é o canto da sereia para a alma, nada desperta o outro mais rápido do que ser lembrado de sua verdadeira natureza.

Chegou a hora de libertar-se dos papéis que foram representados nesta e em outras encarnações.

Chegou a hora de cada pessoa se lembrar do que foram, antes dessas experiências, mas também para celebrar as novas riquezas obtidas desses papéis. A fim de fazer isso, a dualidade deve ser superada.

Eu: E é por isso que parece mais preponderante.

Sananda: Exatamente.

Eu:  Obrigada por seu tempo.

Sananda: O prazer é meu, você deve perceber a alegria que sentimos, quando observamos tantos se libertarem das cadeias que os restringiram por tanto tempo.

Obrigada a todos que compartilham este trabalho. Significa muito que tantos ressoem com as mensagens aqui compartilhadas. Envio a todos nós o amor com que possamos lidar, à medida que assumimos nossa jornada para um completo novo nível.

Jenny

DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - http://www.decoracaoacoracao.blog.br
Direitos Autorais: Site original: www.channelingthemasters.wordpress.com
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com
Copyright 2017, Jenny Schiltz – Se repassar, por favor, mantenham a integridade desta informação exatamente como se encontra aqui e incluindo todos os links acima e os links da publicação original.

DOZE SINAIS DE QUE OS SEUS ANJOS ESTÃO COM VOCÊ


DOZE SINAIS DE QUE 
OS SEUS ANJOS ESTÃO COM VOCÊ
Mensagem de Melanie Beckler

Os Anjos são seres espirituais com uma frequência muito diferente, comparada aos seres humanos. Aumentar a sua consciência dos anjos no momento presente, é uma das melhores maneiras de começar a perceber a sua orientação, especialmente quando você sabe procurar alguns sinais comuns.


A Orientação dos Anjos pode e vem na forma de mensagens canalizadas, sonhos e na recepção direta de insights. Você pode receber lampejos de inspiração, aprender com os seus anjos durante a meditação, ou ter uma experiência profunda com os anjos através dos seus sentidos psíquicos.

A orientação dos anjos também chega de maneira muito sutil. Os anjos estão constantemente atraindo a nossa atenção para os sinais, e eles deixam pistas e dicas que servem pra nos impulsionar na direção certa. Embora muitos destes sinais dos anjos possam parecer insignificantes inicialmente, quando focados, reconhecidos e apreciados, eles, muitas vezes, aumentam em frequência e tamanho.

Os sinais dos anjos estão por toda parte e podem vir de inúmeras maneiras, dependendo de seus atuais desafios, de seus próximos passos, ou das perguntas que você fez. Seus anjos o conhecem, e assim, eles sabem que sinais irão atrair a sua atenção, que contêm significados pessoais, ou que guiam melhor os seus próximos passos.

Os Anjos estão sempre próximos, e qualquer sinal destes poderosos seres espirituais, por menor que seja, é um lembrete belo e simbólico de seu amor e apoio.

Aqui está um rápido relato de alguns sinais comuns dos anjos. Estes sinais dos anjos podem vir como uma validação, ou uma resposta a uma questão que você possa ter feito, ou eles podem servir para simplesmente lembrá-lo de que os seus anjos estão com você, e que eles estão prontos e dispostos a ajudar.

Quando você perceber um sinal que pode ser dos seus anjos, respire, esteja atento e agradeça aos seus anjos por se aproximarem com o seu amor e orientação. Quando você entra em sintonia com os sinais dos anjos, e pratica a consciência no momento presente, você pode ficar mais em sintonia com os seus anjos, com a orientação e a assistência que eles têm para você.

SINAIS COMUNS DOS ANJOS

1 – PENAS

Encontrar penas em seu caminho é um dos sinais mais comumente conhecido dos anjos. Penas de qualquer cor são uma bela lembrança de que seus anjos estão perto, e o apoiando com amor, por trás dos bastidores. Quando você encontra penas em um lugar que é um pouco incomum, é um sinal especialmente poderoso dos anjos. Quando você encontra penas brancas, elas são quase sempre um sinal de seu anjo ... Até mesmo quando você está em um lugar onde pássaros brancos estão presentes.

2 – NUVENS

Um dos sinais dos anjos mais óbvios através das nuvens, é uma nuvem que parece um anjo. Seus anjos também podem atrair a sua atenção para as nuvens que parecem corações, bem como com muitas outras formas e símbolos a oferecer.

3 – AROMAS

Você já notou um perfume adoravelmente doce e foi incapaz de identificar a fonte? Isto pode ser muito bem um sinal dos seus anjos! Os anjos gostam de tornar conhecida a sua presença através do poder do aroma. Você pode perceber a presença dos seus Anjos da Guarda através de um agradável aroma de chocolate, ou a proximidade dos Arcanjos através do aroma sutil e doce das flores.

O perfume é um sinal comumente usado de seus antepassados ou entes queridos que fizeram a transição ... Você sente o perfume dos seus avós e sente a sua proximidade? As probabilidades são muito elevadas de que o espírito deles está aí com você. Você sente um cheiro terrível? Este NÃO é um sinal de seus anjos! Na minha experiência, os aromas que os anjos transmitem são sempre completamente divinos.

4 – BEBÊS E ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO

Os bebês e animais de estimação não absorveram ainda muitos dos filtros que podem bloquear a habilidade das pessoas de ver claramente os anjos. Você já percebeu um bebê olhando para cima, sorrindo para o teto, ou olhando animadamente para o ar, ou para um espaço vazio na parede?

Ou, talvez, o foco do seu animal de estimação seja completamente atraído por algo que parece que você é incapaz de ver.. as chances são que eles estão olhando direto para um anjo! Na presença dos anjos, os bebês, crianças pequenas e animais ficarão à vontade, confortáveis e animados.

5 – MÚSICA

Eu conheci várias pessoas cuja primeira experiência com os anjos foi quando elas começaram a ouvir o cântico angélico, proveniente de fora do mundo físico. Os Anjos também podem se comunicar com você através de canções recorrentes que você ouve no rádio. Ou, levando-o a ouvir uma série de canções, todas com um tema muito similar.

Os anjos estão, muitas vezes, enviando mensagens por meio da música, quer seja através de uma canção que só começa a tocar em sua mente, ouvindo música tranquila ao meditar, ou continuando a ouvir uma determinada música no rádio ... Preste atenção a esta orientação através da música, que, muitas vezes, pode ser um sinal claro de seus anjos.

6 – MOEDAS

Encontrar moedas, ou qualquer moeda em geral, é um sinal comum de orientação e de apoio dos reinos espirituais. Se você encontrar uma moeda em seu caminho, ou, talvez, alguém lhe der uma moeda, preste atenção! Será que a data na moeda mantém algum significado para você? Será que você pediu a ajuda financeira aos seus anjos? O que você estava pensando pouco antes de ter encontrado a moeda?

Este pode, muito bem, ser um sinal dos seus anjos, ou de um ente querido. Quando você encontrar uma moeda, saiba que ela foi deliberadamente colocada em seu caminho, e é um símbolo que ilustra que você é amado, apoiado e guiado.

7 – LAMPEJOS DE LUZ

Os anjos são seres de amor e luz. Ver orbes, brilhos inexplicáveis de luz, ou flashes coloridos, são todos, formas comuns de experienciar os seus anjos. Uma estrela brilhante que chama a sua atenção, raios de luz que fluem de cima para baixo, um flash de luz que aparece sem uma fonte real de luz, luz brilhando a partir de um objeto de uma maneira incomum, ou uma esfera de luz pairando por perto, são sinais de anjos.

Tente fechar os olhos, e se você ainda ver a luz, é muito provável que um anjo esteja com você. Respire, relaxe, e se você estiver pronto, o seu anjo poderá expandir a luz diante de você, ou envolvê-lo no brilho angelical para lhe trazer a cura, elevação, e o rejuvenescimento.

8 – ARCO-ÍRIS

ARCO-ÍRIS é um símbolo comum do amor Divino. Quando você pedir a ajuda dos anjos e logo após ver um arco-íris, saiba que as suas preces foram ouvidas e estão sendo atendidas. Se você esteve pensando em seus anjos, ou pediu um sinal, e você perceber um arco-íris, é provável que os seus anjos estejam confirmando que eles estão com você.

Uma esfera do arco-íris ao redor da lua, um arco-íris duplo, ou um arco-íris que aparece quando nem mesmo havia chovido, são sinais extras e espetaculares de seus anjos trazendo incentivo e validação dos céus.

9 – MUDANÇA NA TEMPERATURA

Quando você está na presença dos anjos, você pode experienciar uma mudança na temperatura, o que pode ser uma validação maravilhosa de que os seus anjos estão com você. Você pode, de repente, sentir uma luz quente brilhando em torno de você.

Ou você pode ter os calafrios e uma sensação de frio, com um formigamento ou pressão em sua cabeça, ou na parte de trás do seu pescoço. Isso não deve ser desconfortável ... Para mim, é uma manifestação física emocionante a partir destes seres espirituais angelicais.

10 – SENTIMENTOS

Se você sentir como se estivesse na presença de um anjo... Você provavelmente está! Você pode sentir como se alguém passasse por você, quando ninguém está aí,ou pode ter a impressão de que alguém está presente em uma sala com você, quando ela está vazia. Seus anjos podem se aproximar de você, de forma muito sutil, e envolvê-lo em suas asas de amor, roçar em seu braço ou pescoço, ou colocar suavemente a sua mão em suas costas ou em seu ombro.

Algumas vezes, os anjos tornarão a sua presença muito óbvia, dando-lhe uma imensa sensação de amor incondicional.Ou quando você está em uma livraria, você tem os calafrios e, em seguida, um livro, de repente, cai da prateleira. Preste atenção: o seu anjo está com você!

11 – SINAIS OU ANÚNCIOS

Os sinais dos anjos vêm, muitas vezes, na forma de notar uma mensagem em um sinal físico, ou em um out-door. Quando você pedir a orientação de seus anjos, fique aberto e alerta, e você poderá começar a perceber uma determinada palavra ou frase em uma série de outdoors, nomes de ruas, ou sinais em lojas.

Recentemente, eu estive no Novo Mexico e planejava fazer uma viagem ou para Sedona , ou para o Sul do Novo Mexico ... Eu não tinha certeza de qual opção escolher, e por isso, pedi a ajuda dos meus anjos na tomada de decisão (enquanto viajava como um passageiro em um carro). Quase que imediatamente depois de pedir, uma propaganda enorme de "Sedona" apareceu na rua à direita, diante de mim. Esta era uma propaganda para uma empresa local ... Mas eu entendi o recado e acabei por ter uma viagem incrivelmente mágica e gratificante para Sedona.

12 – VOZES

Quando você recebe uma mensagem em sua mente, ou uma voz que sussurra, que parece surgir do nada, você pode estar experienciando a orientação de seus anjos. Não suponha que você esteja inventando! Se você não pode realmente ouvir o que está sendo dito, peça ao seu anjo para falar um pouco mais alto para que você possa entender. Ouvir a orientação de seus anjos é um belo sinal de sua presença, e é comum quando você está precisando de conforto, tranquilidade ou orientação angelical.

Contidos nos sinais que os anjos nos deixam, está a infinita possibilidade para o crescimento e a transformação positiva. A chave é estar presente, atento, e procurar os sinais dos anjos. Os Anjos têm uma maneira de tornar conhecida a sua presença, e assim você pode experienciá-la de uma maneira que não está listada. Com a presença e a consciência, você pode sintonizar, experienciar e agir de acordo com os sinais que você recebe dos seus anjos.

Com amor, luz e gratidão, 

Melanie

Leia também:

CINCO INDICAÇÕES DE QUE ESTÃO RECEBENDO UM SINAL

RECEBENDO UMA MENSAGEM DOS SEUS ANJOS

SINAIS DOS ANJOS – PENAS E CORES


DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - http://www.decoracaoacoracao.blog.br
www.Ask-Angels.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

CANSAÇO E AS NOVAS FREQUÊNCIAS


CANSAÇO E AS NOVAS FREQUÊNCIAS
Por Carlos Torres

O cansaço físico que você está sentindo é devido as novas frequências que estão chegando.


O cansaço físico que estão sentindo é devido as novas frequências eletromagnéticas inteligentes que estão chegando do Sol Central. Estas estão mexendo radicalmente em nossas estruturas físicas, emocionais e espirituais. Como se fossemos apenas um aparelho de celular ligado a uma bateria de um imenso navio. Há muita energia vindo do mundo espiritual. Sendo assim há a necessidade de estabilização. O que fazer?

Mentalmente: vibrar em alta ressonância, de preferência na mais alta energia possível, a energia da gratidão, da compaixão, da generosidade, da benevolência e do compartilhamento mútuo das ideias. Evitar julgamentos alheios, pois não sabemos realmente o que cada um veio passar nesta vida. Elevar o pensamento para coisas nobres ao invés de continuar compartilhando noticias fúteis e terríveis que teimam em multiplicar pela televisão e mídias sociais. '

Faça diferente, encontre coisas boas nas pessoas e nas situações, elas existem, mas estão sendo esquecidas. Pare de reclamar e comece a agradecer, a gratidão é a energia que moldará o novo mundo. Quando um pensamento ruim vier, compreenda-o e imediatamente neutralize com outro superior e positivo.

Quando um problema vier a sua mente, transmute a informação, procurando imediatamente a solução para ao mesmo. Mude o foco, encontre coisas belas em você, em seu comportamento, pare de se mutilar energéticamente, todos nós temos coisas boas e virtudes.

Fisicamente: fazer exercícios calmos e concentrados, emitindo ao mesmo tempo que os faz, ondas azuis para todos os locais onde sente supostamente dor, desconforto ou fadiga muscular, transformando um simples exercício de alongamento e fortalecimento em um exercício vibracional quântico intensificado.

Beber bastante água mineral, de preferência aquela que sai direto das pedras , pois traz fragmentos minerais puros do centro da montanha, rochas e cristais. Evitar alimentos industrializados e com condimentos exagerados. Coloque para dentro do seu corpo coisas bonitas, saudáveis e que possuem vida, esqueçam de uma vez por todas bolachas hidrogenadas, fast foods e comidas sem vida.

Coma frutas verdes regadas com mel, legumes regados a azeite, procure comer mais legumes que saem de dentro da terra como batata, beterraba, mandioquinha, mandioca, eles trazem força física e consciência para aterramento. Trocar a farinha de trigo por outra menos prejudicial como a tapioca, a farinha da mandioca.

Tomar sol e agradecer enquanto faz isso. Mergulhar na água no mar ou na água de rio corrente para entrar na frequência nova da Natureza.

Espiritualmente: prestar atenção na intuição, pois esta está chegando com força e é a primeira informação que chega do mundo espiritual para adentrar em sua mente. Ouvir uma música boa, aquela que faz os pelos do seu braço arrepiar, pois esta é capaz de produzir a ressonância com seu espírito.

Prestar atenção nas inspirações, pois elas vêm pura e simples, caso contrário não conseguimos anotar o que é recebido ou fazer no exato momento em que ela chega, perdemos o contato e o espírito demora para trazê-la novamente. Inspiração é algo que seu próprio espirito lhe envia, não é um espirito terceiro ou uma amparador, é você mesmo em manifestação futura e dimensão divina tentando conversar consigo mesmo.

Relacionamentos: não precisa mais gritar com ninguém, seu coração já não suporta mais gritos e discussões, ele só quer harmonia e entendimento, a época dos sofrimentos terminaram, quem ainda continuar nesta ideia passará por grandes provações. Se for preciso se posicionar, posicione-se e faça o que precisa ser feito.

Trabalho: seu espirito não está mais querendo fazer o que não faz sentido e não preenche o seu propósito de vida. Ele está forçando-o a entrar com força total no seu centro de sinergia, aquele que sintonia com as forças que vem do Universo. Se não mudar ou melhorar sua relação com seu trabalho sua vida vai ficando cada vez mais vazia, mesmo que através dele receba bastante dinheiro, nada disso poderá dar um sentido real para a sua existência daqui em diante.

Seu espirito só quer que as coisas se ajustem, ele luta por isso, mas você muitas vezes resiste e continua querendo controlar tudo e se manter numa velha vida que não existe mais. A única saída é render-se e deixar que as novas inteligências modifiquem e direcionem sua vida. É preciso a redenção estar presente, pois somente assim o Universo natural saberá que você realmente confia nele.

O novo mundo que está nascendo não aceita mais o medo como condição para nossas vidas, não aceita mais a ideia da falta de suprimentos, de violência uns contra os outros, não aceita mais a ideia da esperança como padrão de crença, mas sim a confiança, pois esperarança no fundo é somente uma forma bonita de esperar por eterno amanhãs que nunca chegam.

Não resista, a resistência traz cansaço físico, dor, irritação, descontentamento, falta de confiança, desarmonia, dores, doenças e tudo o que não faz mais sentido para nossas vidas. Parece fácil falar, mas eu sei do que estou falando, pois passei por tudo isso, exatamente como vocês, e agora já estou vendo no horizonte do campo de centeio, uma montanha cristalina que os mentores espirituais estão me mostrando.

A caminhada pelo campo foi longa, parecia que nunca surgiria nada na frente, como se fosse um imenso vazio utópico que nunca termina, mas agora a visão é nítida e só alegria em meu coração. Estou escrevendo este artigo, pois não quero sentir isso sozinho. Todos que estão na busca encontrarão o novo mundo.

A imagem da montanha é clara e surge todos os dias em meus sonhos. Mas as hierarquias espirituais me dizem, não se preocupe em encontrar o novo mundo, ele não é um lugar, mas sim uma frequência, um estado vibracional em que todos podem estar se assim desejar. O estado da gratidão pura e silenciosa.

O local onde a sintonia com seu espirito é feita e a tríade, corpo, mente e espirito se estabiliza para a projeção daquilo que vem de cima. Sintonia é o caminho, sintonia consigo mesmo, essa é a verdadeira espiritualidade que os mentores desejam de nós, pois estando completos e conectados, estamos em plena sintonia com o Todo e a partir daí todos os processos secundários se fazem presentes, digo, a ajuda ao próximo está incluso neste quesito.


DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - http://www.decoracaoacoracao.blog.br
Origem - https://medium.com/carlos-torres

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Círculo de Harmonização e Meditação


Com Angela Cunha
Em Março

Atendimentos à Distância - Terapia Multidimensional


A TERAPIA MULTIDIMENSIONAL trabalha nossos múltiplos corpos multidimensionais, através da energia emanada através do foco em nosso coração (chacra cardíaco) e através de nossas raízes (chacra básico).


Ela é supervisionada por equipes de cura formadas por seres multidimensionais. São seres que emanam amor incondicional e que transmitem um interessante aprendizado. 

O trabalho à distância tem uma qualidade que nada fica a dever ao trabalho com o cliente presente.

Essa terapia trabalha intensamente: 

 . as feridas da Criança Interior
. medos e traumas
. contratos que não servem mais
dificuldades nos relacionamentos
. o alinhamento de nossos chacras
. sensação de perigo e presságios
. a paz interior
. seu aterramento no aqui e agora
. a alegria e entusiasmo
.tudo o que queremos realizar
. fatos que se repetem
. o Eu Essencial do qual nos perdemos
. nosso corpo emocional e físico
. sensação de não adequação
. e o que mais tiver necessidade de cura e alinhamento


O resultado é uma sensação de paz interior e clareza em seus propósitos.


Todo o andamento do trabalho é visto e entendido do mesmo modo que acontece com a pessoa presente. Isso acontece porque os conceitos de tempo e distância são outros, em trabalhos energéticos. 
Do mesmo modo, o Reiki, e outras terapias energéticas,  até mesmo orações, encontram seu receptor onde ele estiver. 

Em casos de atendimento no consultório, após a terapia, que tem a duração de aproximadamente quarenta minutos, converso com a pessoa sobre as questões que surgiram. 

Por exemplo, pode ter sido vista a necessidade dessa pessoa reativar o relacionamento com seus pais, se isso não estiver sendo feito. Ou pode ser visto que aquela pessoa teve muitas encarnações onde fez voto de pobreza, então permanece repetindo esse padrão, como se não pudesse ir contra esses "votos". 

Pode haver necessidade de retirada de implantes ou uma cirurgia espiritual. Pode acontecer desligamento de links que a pessoa tenha com vidas passadas, que a atrapalhem nesse agora.

Nessa conversa posterior, percebo também que algumas vezes, a pessoa tem insights sobre vários ou algum aspecto especial, que nunca tinha percebido antes. Outras vezes ,aconteceu de a pessoa chegar com uma pergunta e durante a Terapia, essa resposta "apareceu" para ela, como uma ideia que explodiu em sua mente, apontando a saída.

No tratamento à distância, um relatório escrito é enviado à pessoa, relatando o trabalho feito e os pontos principais dos assuntos que foram questionados. É interessante que o cliente escreva também, após o relatório.

Nos dois casos, geralmente há a necessidade de repetir o atendimento após 30 dias , ou conforme instrução da equipe espiritual. De um modo geral, 3 a 6 sessões são suficientes para bons resultados.

A hora para cuidar de você mesmo(a) é AGORA.
Estamos em tempo de transição planetária. 
Se você sabe que não somos apenas esse corpo e essa história, isso tudo faz sentido para você. 



(Angela Cunha)
Psicóloga e Terapeuta Energética e Vibracional
Atendimentos na Taquara - RJ

Agende seu atendimento.
Informações e agendamento: angela_psi2004@yahoo.com.br



sábado, 14 de janeiro de 2017

CAIXAS

                           Foto: Angela Cunha - Praia da Reserva - RJ

CAIXAS
Mensagem de Jeshua, 
canalizada por Judith Coates
14 de Janeiro de 2017

Amado, agora iremos falar de caixas. Você conhece caixas. Você fez a mudança de um lugar para outro, onde tinha que colocar itens tangíveis da vida em caixas e mudar tudo o que queria levar com você em uma caixa. Mas estou falando agora sobre a caixa mental em que você está.
  
Eu a comparei a uma caixa de areia, onde você brinca dentro de uma caixa, e é disto que eu estou falando agora: sobre a realidade – com “r” minúsculo – que você participa dentro desta caixa.

Você tem a sua caixa da realidade, e ela muda de vez em quando. Você coloca várias ideias na caixa e deixa outras ideias seguirem de vez em quando. É como se você embalasse algumas coisas para mudar para algum lugar, e colocasse na caixa o que desejava levar com você.

O mesmo vale para a caixa mental com que você trabalha o tempo todo. Você vive em uma caixa mental muito grande. Para cada um de vocês, a sua caixa é de algum modo igual, e de algum modo, diferente, porque vocês compartilharam uma realidade – com “r” minúsculo.

Definitivamente, vocês têm uma realidade compartilhada com um “R” maiúsculo. Como você está trabalhando no despertar, a caixa irá mudar – o tamanho da caixa, ou, às vezes, o abaulamento, porque você está recebendo um pouco mais de compreensão de si mesmo, e as ideias antigas não se encaixam mais, realmente. Assim, de vez em quando, dia a dia, você muda a composição da caixa e o que está dentro dela.

Agora, vocês compartilham uma determinada qualidade da caixa, mas elas não são iguais, e o que você coloca em sua caixa, definitivamente, não é igual ao que o outro está colocando na caixa dele, por causa de experiências diferentes. Você passou por experiências que são suas e não de outra pessoa, de modo que você tem um conteúdo um pouco diferente na caixa. Mas é uma caixa, contudo.

O que você está fazendo agora, mesmo neste momento, é permitir que os lados da caixa sejam porosos, sejam baixados, de modo que você esteja mudando, colocando novas ideias, novos conceitos, nova autoimagem na caixa, e, algumas vezes, a antiga imagem – agora que você está entrando em uma nova imagem de si mesmo – não se encaixa na caixa, e você, então, afasta as laterais.

Isto é o que eu o incentivo a fazer. Afaste as laterais da caixa. Permita-se expandir até o espaço onde a antiga caixa não se encaixa. É isto o que você está fazendo, seja inconsciente ou não, porque o que você vê como os últimos doze meses do seu tempo, a caixa que você achava que era, mudou. Você mudou. O mundo mudou.

Seu mundo, como você o entende, mudou, de modo que a caixa em que você estava muito feliz há um ano, mudou, ficou um pouco pequena, às vezes, onde você teve que afastar os lados um pouco.

Você tinha que dizer: “Bem, eu preciso de uma caixa de tamanho médio. Esta pequena caixa não é mais adequada. Talvez, eu até precise de uma caixa extragrande.”

E isto é verdade, porque você está se expandindo em sua compreensão de quem você é e quem são os seus irmãos e irmãs. Quando você faz isto, a velha caixa fica muito pequena.

Assim, eu irei encorajá-lo a visualizar o seu reino mental do que você considera como realidade – com “r” minúsculo – e que está ao seu redor como as suas ideias em uma caixa. Agora você irá baixar as laterais.

Você sentirá que realmente superou a caixa, este conceito mental do que você considerava como a realidade – com “r” minúsculo – mesmo desde o momento em que começou a ler isto. Porque é isto o que você está fazendo. Seu crescimento é tão rápido que realmente a caixa em que você esteve jogando quando começou a ler isto, mudou. Mudou muito desde há um ano.

Seu mundo mudou. Sua tecnologia está mudando. Momento a momento, ela muda. Novas ideias; você recebe o aparelho mais novo, digamos que seja o seu celular. Você está muito feliz com ele. Ele faz tantas coisas! “Este pode tirar fotos. Posso digitar este texto. Posso ler todas as minhas mensagens neste. Estou imediatamente em contato com todos em minha lista.”

E o que acontecerá no próximo mês? Surge um novo modelo. “Eu tenho que ter o novo modelo. Tenho que atualizar.” Ou você diz: “Não, este já basta. Estou tentando entender este que eu tenho.”

Na verdade, para a maioria dos que vivem no Planeta Terra agora, a sua tecnologia está bem adiante do que o cérebro normal pode acompanhar, e isto é bom. Isto permite um pouco de expansão. Permite pensar fora da caixa. Daí veio a terminologia: pensar fora da caixa.

E é isto o que você está fazendo. De vez em quando, eu o vejo pensando fora da caixa. Você sai do que era confortável, do que considerava como verdadeiro – com “v” minúsculo – e diz: “Mas isto não se encaixa na minha maneira usual de pensar.” Então, você expande a caixa.

Agora, você compartilha caixas com os outros. Você tem uma caixa que é exclusiva para você por causa das experiências que passou nesta vida e aquelas que você teve no Todo de forma manifesta. E, às vezes, ela perde os seus lados, e você assimila o entendimento do seu Todo, além do tempo. Mas além da sua caixa individual, você compartilha uma caixa maior com o outro. Chegaremos a isto mais tarde.

Em pouco tempo, faremos um exercício de se afastar do conforto da pequena caixa. Na verdade, a pequena caixa não é confortável. É por isto que você tem que continuar mudando-a, de vez em quando.

É por isto que você permite um pouco da tecnologia para ajuda-lo a entender como você é imenso. A vastidão que você é não cabe na caixa que você mantinha há um ano, ou na caixa em que você jogava, quando você tinha três, cinco ou dez anos.

Você esteve mudando, esteve mudando a caixa, às vezes, dia a dia, porque houve novos avanços que chegaram a sua compreensão. Você vive agora em um tempo maravilhoso. A caixa em que você está jogando agora é maravilhosa, é realmente uma maravilha.

De outra vida, se você estivesse vendo com o que está jogando nesta caixa, ficaria surpreendido. As sobrancelhas se ergueriam, e você se perguntaria: “Como poderia ser isto?” Mas você, como o Ser criativo, a extensão da Fonte criativa, continuou criando mais e mais, escrevendo e lendo. Algo chega até você, um novo texto, talvez. Você o lê e diz: “Oh, isto é maravilhoso. Isto realmente abre muitas portas para mim.”

E, no entanto, foi você quem o escreveu. É por isto que você se sente em alinhamento com determinados textos que chegam até você, determinadas palavras escritas que chegam a você.

Talvez, elas sejam o que você chame de fantasia, de novela, de ficção. “Oh, eu fico tão animado com o que esta personagem está fazendo. Como é que isto irá terminar? Será que ela irá se apaixonar pelo herói? Será que ele chegará a tempo, e eles se encontrarão e ficarão juntos? Ou ele partirá ao pôr-do-sol, para algum lugar, sem ela?”

Todos vocês conhecem este sentimento de ler e de questionar. E a parte mais maravilhosa disto é que você está colocando as palavras no papel, enquanto avança. Você lê uma página, e quando a vira, há, imediatamente, algumas palavras a mais lá para serem lidas. O mesmo acontece com o texto que você lê, ou os roteiros que você lê.

Não há nada lá, até que você lá o coloque. Mas você tem uma maneira mais maravilhosa de passar muito rapidamente para a próxima página e escrevê-la, de modo que quando virar a página estará tudo lá para você. Mas você o fez; caso contrário, não estaria lá. Não estaria em seu conhecimento. Você está fazendo isto.

Às vezes, você brinca em virar a página tão rápido que você a alcança como uma página em branco. Eu lhe garantirei que 99 vezes a partir de 100, você não será capaz de fazê-lo, porque você manifesta rapidamente tudo o que está fazendo.

Há uma parte de você que caminha adiante. É por isto que aqueles que são sensíveis podem ver o que você está pensando, podem “interpretá-lo”, porque há uma parte de você que está a sua frente, indo a sua frente, preparando o espaço para você.

Você ouviu isto em suas Escrituras. Você é quem vai a sua frente para tornar suaves os espaços que são difíceis, e, às vezes, você alcança um espaço que não é tão suave assim, e você se pergunta: “O que está acontecendo aqui? Por que é assim?” É porque você gosta de um pouco de desafio, e isto é bom, também. Isto lhe permite ver o seu lado criativo.

Realmente você está criando a cada momento. É por isto que eu lhe digo: Torne-o alegre, divertido. Você está fazendo isto mais e mais, facilmente. Eu o vejo fazendo isto, tornando-o mais fácil, mais feliz, mais divertido para si mesmo.

Você vive em um tempo maravilhoso. Agora, realmente, cada vida é um tempo maravilhoso. Mas, agora, como você tem a sua história, este é um momento em que você está reunindo várias peças da manifestação exterior do seu espírito, que serão anotadas em seus livros de história, em algum tempo futuro, porque você está decretando que a velha maneira não mais satisfaz.

Estes são tempos maravilhosos. À medida que você avançar no que você chama de seu Novo Ano, estará levando em conta o que tem em sua caixa e se isto atende aos desejos de uma nova maneira de pensar.

Não apenas você fará um inventário do que tem em sua caixa – suas predileções do que você queria ver neste ano e como as atividades se encontram com os desejos projetados – mas você observará a cena do conteúdo da caixa maior com quem você compartilha, em primeiro lugar, o grupo próximo de amigos e a família, e mais tarde, a consciência maior coletiva.

Sua caixa individual é parte de uma caixa maior da realidade – com “r” minúsculo.
Você terá muito a contemplar, e o conteúdo e a cena das caixas continuará a mudar.

Agora eu farei com você o que é chamado de meditação.
Assim, permita que o corpo esteja confortável na cadeira.

Tome uma respiração profunda que permita o relaxamento através de todo o corpo. Sinta-se em repouso. Sinta-se em paz. E neste espaço de paz, permita que a mente visualize uma caixa – o fundo, os quatro lados e a parte de cima.

Você está dentro da caixa. Você pode deixá-la de qualquer tamanho que queira. Você pode deixá-la de qualquer cor. Você pode criá-la de qualquer forma. Eu lhe darei um momento para visualizar a sua caixa, de qualquer tamanho e forma, a partir do interior.

(Pausa)

Você está dentro da caixa. Agora visualize a parte de cima dela sendo elevada. Abra a parte de cima. Permita-se sentir os raios de luz entrando na caixa. Visualize o que você vê através do topo da caixa, da parte superior aberta.

E agora visualize os lados da caixa caindo, abrindo completamente a caixa, permitindo que entrem novas ideias, um novo pensamento. Se isto parecer um pouco estranho, saiba que você pode colocar uma pequena cerca ao redor, de modo que você tenha alguma maneira de se conter, para que não sinta que irá cair fora da caixa.

Agora você vê que a sua caixa se sobrepõe com a caixa de outra pessoa. E agora que a parte superior e as laterais desceram, você pode ver que pode andar de uma caixa para outra caixa, para outra e para outra. Há o que você chama de troca de ideias.

Você não tem que aceitar as ideias. Você pode colocar o seu escudo. Mas, talvez, você olhe sobre o topo do escudo, e fique curioso com as ideias que alguém tem na caixa dele.

À medida que você se sente mais confiante, você pode permitir que a cerca desapareça, de modo que possa entrar em outra caixa. Você tem ainda a sua própria caixa, mas pode entrar em outra caixa e ver o que está lá. Como é esta outra caixa? É leve? É confortável? É escura? Fria? Quente? Dura?

(Pausa)

Há alguém lá com quem você possa falar? Você está em um espaço agora aonde os lados da caixa são permeáveis. Eles estão realmente caindo, porque há muito tráfego para trás, para frente e entre as caixas. Você é curioso. Você quer saber o que o seu vizinho tem quanto às crenças em sua caixa.

Com algumas delas você se sente como se estivesse no Lar.
Com algumas delas você não se sente no Lar, e vira as costas e segue para um lugar confortável.

(Pausa)

Saiba que você vive agora no que você chama de era moderna, neste século vinte e um, como você contou o tempo, mas quando você sai de sua caixa, você entra em um universo mais maravilhoso, um universo aberto, e pode confiar nele, porque você está sempre no comando. Nada pode prejudicá-lo.
Você é o explorador.

Você tem sido chamado de raça exploradora, e você é, porque você está querendo saber “O que há fora da minha caixa? O que há mais lá?” Você diz aos outros que encontra: “O que há em sua caixa? O que você acredita sobre o universo? O que você acredita sobre o sistema solar? O que você acredita sobre a História?

O que você acha sobre a pré-história? E a pós-história? Como será? Será que iremos explorar o sistema solar? Será que iremos explorar além de nosso sistema solar? Será que teremos coragem de ir onde nenhum homem ou mulher já foi antes?”

O que encontraremos? Como será? Como foi? Será que eu sempre vivi? Será que eu sempre vivi na caixa conhecida como a sagrada Mãe Terra, ou vim aqui de algum lugar? Será que havia outra caixa que conduziu a esta caixa? Onde eu estive antes de estar aqui? Onde estarei na expansão do tempo?

Como eu estarei? Estarei em um grupo? Estarei em uma família, uma família extensa? Será que irei compartilhar uma caixa de tamanho grande com a família? Irei compartilhar aventuras? Para onde irei? Onde estive?”

(Pausa longa. Você pode rever as perguntas)

E quando sentir que concluiu, retorne a sua caixa. Erga as laterais, se isto lhe parecer confortável. Feche a parte superior da caixa, ou a deixe aberta. Sinta-se de volta a sua sala, mas saiba que a qualquer momento que queira, você poderá abrir as laterais da caixa e explorar. Você é uma grande Mente em expansão – com “M” maiúsculo.

Quando se sentir confortável, abra os olhos e esteja aqui agora.

Que assim seja.

Jeshua ben Joseph (Jesus)

DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - https://lecocq.wordpress.com
http://oakbridge.org
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

DOIS MEDOS PROFUNDOS

                                                     Foto: Nelson Dantes Paes

DOIS MEDOS PROFUNDOS
Mensagem de Maria Madalena
Através de Pamela Kribbe

Eu Sou Maria Madalena e ajoelho-me diante de vocês, com admiração e respeito pelo que estão fazendo na Terra. Vocês estão abrindo novos caminhos de consciência e estão fazendo isto enquanto ainda carregam os pesos do passado dentro de si.
  
Antigos sofrimentos e ansiedades vêm à tona exatamente porque novos modos de consciência estão se infiltrando em sua percepção, seu corpo e suas emoções. Na criação real de novos caminhos de consciência, vocês curam a antiga dor.

Parece que isto deveria ter acontecido no passado… vocês estiveram na Terra tantas vezes antes… mas até agora não era possível criar novos caminhos. Ainda havia muita consciência presa às velhas instituições de poder e autoridade, e as pessoas estavam aprisionadas pelo medo de não conseguir sobreviver, pela ansiedade no plano físico, ou pelo medo de ser socialmente condenadas ao ostracismo.

Estes medos são muito profundos nas pessoas. Se você não sabe quem você é, se está imerso nas estruturas de inconsciência que é mantida pela sociedade, então você acredita que é seu corpo, e o medo pela sobrevivência atinge-o no mais profundo do seu ser, pois, neste caso, morrer significa ser destruído.

Surgem, então, impulsos intensos para resistir e estes podem levá-lo a destruir outra pessoa, se for necessário, para assegurar sua própria sobrevivência. Este é um medo básico primitivo.

E há também o medo de ser banido da sociedade, de não poder mais pertencer ao grupo, que também é um medo muito profundo nas pessoas.

Se você não está consciente do seu eu-alma, da sua essência divina, você pensa que é um corpo, e que é uma personalidade socialmente moldada nesse corpo. A personalidade, que é formada pelas influências sociais do passado, foi e ainda está sendo moldada pelo medo.

Você quer pertencer ao grupo; quer ser aceito por outras pessoas. Existe uma parte indefesa em você que deseja ser sustentada, aprovada e acolhida. Esta é a parte sua que deseja pertencer, e ela ainda é muito forte em todas as pessoas.

Você acaba de emergir de um modo de pensar e viver que era dominado pelo poder e a impotência, que estava sob o domínio do medo. Sinta em si mesmo, no seu próprio campo energético, onde essas antigas energias ainda estão agindo. Sinta isto intuitivamente.

Observe se existem áreas cinzentas, ou até mais escuras, agindo visivelmente na sua aura ou no seu corpo. Perceba a ação dessas velhas energias, como ansiedade, obediência exagerada, medo pela sobrevivência e medo de ser rejeitado e ficar só. 

Estes são os dois maiores medos que limitavam as pessoas no passado.

A transição para o novo leva tempo. Você pode muito bem imaginar que há muito trabalho a ser feito para abandonar antigos medos, para chegar a confiar realmente na consciência do coração, numa nova consciência que afirma que você não é apenas seu corpo. Seu corpo faz parte de você, é uma parte preciosa na qual você vive temporariamente e através da qual você se expressa. Mas você é muito mais do que isso.

Você é uma consciência de alma, uma luz viva, que é independente de formas físicas e materiais. Isto é um grande salto de consciência! E talvez um salto maior ainda seja o fato de você estar livre da pressão social. Porque a pressão social – ter que pertencer ao grupo – muitas vezes leva as pessoas ao nível vibratório mais baixo: a consciência de multidão.

Geralmente aquilo que domina um grupo ou uma multidão, uma estrutura de poder ou um indivíduo, evoca os maiores medos nas pessoas e as manipula.

Estes medos são os dois maiores obstáculos que as pessoas experimentaram no passado. E graças a esses medos, elas descem ao espaço do “nós”, do pertencimento, opondo-se a outras pessoas ou coisas que estejam fora do seu grupo. E assim começam a pensar em termos de “nós contra eles”, de forma que pertencer ao grupo se torna algo vital.

O medo, então, precisa ser sempre confirmado, junto com as justificadas soluções para ele. O modo de lidar com esses medos inclui violência e domínio daqueles que estão fora do grupo. Estes temas estão vindo à superfície com muita força neste momento, como se pode ver no mundo à sua volta.

Uma consciência maior é necessária agora, uma consciência que conecte e enxergue a igualdade entre todas as pessoas, mesmo que venham de ambientes totalmente diferentes, com histórias e culturas diferentes; uma consciência que enxergue no outro o que vocês têm em comum, mesmo que ele seja muito diferente de você.

Esta é a tarefa deste momento, tanto no nível individual, interior, quanto entre países e culturas. Esta é a grande quebra de barreiras que vai curar o mundo. E o maior passo para essa cura é abandonar a identificação com seu corpo e com sua personalidade socialmente formada; é elevar-se acima dessas identificações e novamente reconhecer o chamado da sua alma.

Sua alma lhe diz que tudo é possível, enquanto o medo em você insinua que muito pouco é possível, que você precisa se proteger, por exemplo, dos outros, ou de doenças… Mas a alma que vive em você é corajosa e forte, ela transcende as limitações.

Gostaria de lhe dizer que você – a pessoa com quem estou falando agora – já vem ajudando a aumentar a consciência na Terra há muitas vidas e há bastante tempo. Antes desta vida, você já experimentou a sensação de unidade da qual eu falo, o fato de ser mais do que um corpo, a sensação de ser uno com outro, mesmo que o outro venha de uma experiência muito diferente da sua.

Você já conhece o sentimento de querer se elevar acima de classe e posição social, embora esta energia nem sempre tenha sido bem-vinda na Terra. Foi um processo de aprendizagem ter que lidar com a diferença entre sua forma de sentir e pensar e a forma de sentir e pensar do mundo ao seu redor, ou com o modo que a maioria das pessoas percebe as coisas.

E não se esqueça que muitas pessoas gostariam de pensar de outra forma, gostariam de sentir de forma diferente, porque ninguém é feliz nas garras do medo, ninguém deseja isso.

O que está acontecendo nesta época, é que as pessoas estão ficando cada vez mais fartas da vida baseada no medo. Existe agora tanta energia nova na atmosfera da Terra – uma sensação tão intensa da possibilidade das coisas serem diferentes – que as pessoas estão despertando.

E certamente os jovens, as novas gerações que estão nascendo na Terra, estão sentindo mais e mais o gosto desta nova energia que você vem carregando consigo há séculos, e sentem cada vez menos prazer nas velhas formas de ser e viver.

Mas, do ponto de vista dos padrões de pensamento existentes, esta energia da nova geração é algo selvagem, caótico, que não se adapta às normas estabelecidas e leva a problemas de comportamento. Entretanto, esta energia contém as “dores do parto”; algo novo está querendo nascer.

Chego agora ao ponto principal desta conversa.

Você está aqui como um mentor, para servir de parteira no nascimento desta nova energia, neste momento. Entretanto, isto exige muito de você, porque você ainda traz dentro de si os traumas de maus julgamentos e rejeição; você sabe o que é ser julgado por suas ideias inovadoras.

Parte do seu legado é ser socialmente isolado, ser diferente, e isto vem deixando ferimentos emocionais em você, desde o dia em que você nasceu… na verdade, antes mesmo desta sua vida ter começado. 

Este é o momento em que lhe será pedido para sair da sua concha, para se mostrar, se apresentar, a fim de ajudar a nova energia que se manifesta agora especialmente através dos jovens, e orientá-los, por assim dizer. Você pode ser um canal, porque tem um entendimento profundo tanto do antigo quanto do novo.

Você conserva uma perna na velha energia, pela qual foi ferido, portanto é capaz de ter compaixão pelas pessoas que estão com medo de serem rejeitadas e ficarem sós. Você também tem compaixão pelas pessoas que estão aterrorizadas de morrer, por acreditarem que não existe nada além do corpo físico.

Sua consciência expandiu-se justamente porque você teve que viver e trabalhar no escuro, portanto você é um dos que podem ser uma ponte entre o velho e o novo.

Assim, apelo a você. Peço-lhe que assuma seu lugar natural, embora eu saiba o quanto este esforço pode lhe custar. Você ficou tão acostumado a pensar que não existe nenhum lugar para você, que se sente totalmente desgastado pelo esforço. Mas é justamente neste ponto que você é levado a realizar sua tarefa.

No momento em que pensa: “Eu desisto, não há mais nada que eu possa fazer…”, este se torna o ponto de virada, quando você consegue finalmente permitir que qualquer coisa que aconteça possa fluir através de si. Você deixa de lado sua vontade pessoal, suas ideias de como as coisas deveriam ser, e se permite mover com o fluxo da sua alma.

O poder que você desenvolveu, e também a dor que sofreu, de alguma forma quebraram o seu ego. E isto é um processo doloroso, pois todo ego é contrário à dor e a ser despedaçado. Entretanto, este é o único meio, porque, num certo sentido, a dor e o trauma que você carrega consigo fazem parte do caminho.

Quando você realmente sente esta dor e a envolve com compaixão, você a deixa ir; você tem vontade de “morrer”, por assim dizer, devido ao conhecimento de que algo maior o está carregando; você se entrega à sua essência mais profunda e verdadeira, e não mais luta contra a realidade terrena.

Você inclusive desiste de tentar convencer os outros, porque se tornou verdadeiramente você mesmo. Você não está mais aqui para mudar os outros, nem está mais aqui para mudar a si mesmo; está apenas sendo você.

E esta é exatamente a sua função de ponte, que é o seu lugar natural.
É isto o que quero dizer quando falo em “assumir seu lugar natural.”

Tenha compaixão por si mesmo e pela velha dor que permanece em sua vida, e deixe que a cura simplesmente aconteça. Ao enxergar este processo como parte do seu caminho, e deixar a velha dor onde ela está, a cura acontecerá por si mesma. Ajuda chegará para você de todos os lados.

Tudo o que aspira à vida, ao crescimento e à alegria, deseja lhe ser útil… os guias, as forças auxiliadoras do universo… Você só precisa estar disposto a assumir seu lugar natural e dizer para si mesmo: “Eu não vou mais viver de acordo com o medo. Os medos ainda podem estar por aí, mas eu sou mais, muito mais do que isso. E me recordo disto todos os dias.”

Então verá que a vida o leva ao lugar ao qual você pertence, onde se sente bem, onde pode vivenciar alegria e felicidade. Ser um trabalhador da Luz, aquele que traz a mudança, não precisa mais ser um dever pesado e cheio de agonia. Isto pertence ao passado e não é mais o seu destino. A estrada para o novo também significa para você um novo nascimento, em paz com a Terra e onde você pode assumir seu lugar de uma forma natural.

E finalmente, observe se as palavras “assumir seu lugar natural” trazem imagens espontaneamente à sua mente. Talvez lhe venham à mente lugares do seu cotidiano, ou situações, ou ocupações… ou surja algo que possa ser uma possibilidade para o futuro. Onde você se sente realmente relaxado e feliz?

Esses são os lugares em que você pode deixar sua energia fluir naturalmente. Veja se alguém o chama… talvez você o reconheça como uma pessoa conhecida. Ou talvez surja um ambiente na sua visão mental… Observe se há algum lugar que o convide alegremente a ir para lá. E não tenha medo de experimentar as coisas, porque há bastante espaço para brincar livremente.

Assumir o seu poder é voltar a sentir-se em casa na Terra sendo quem você realmente é e assumindo seu lugar aqui. Isto parece muito simples, mas é a culminação de uma longa jornada que você criou como alma. Peço-lhe que se entregue a esse lugar; ele não está mais tão distante.

Muito obrigada pela sua atenção.

Maria Madalena 


DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - https://lecocq.wordpress.com
© Pamela Kribbe www.jeshua.net
Fonte: http://www.jeshua.net/gate/gat e24.htm
Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@gmail.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...