Pesquisar este blog

Traduzindo

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Nas Asas do Medo

Ele veio o consultório com a mãe. Ela tinha me achado através de uma vizinha que já havia sido atendida por mim.

Ele trabalhava em outra cidade e estava na casa da mãe, de onde tinha saído para assumir um cargo que havia conquistado e que era o sonho de sua vida. Trabalhava numa torre de controle aéreo há alguns meses.
Era jovem e bonito mas estava visivelmente assustado.
Sua vida até  assumir o cargo era tranquila. Nenhum transtorno emocional nem problemas maiores.

Desde o momento em que iniciou o trabalho na torre de controle aéreo começou a ter sintomas inexplicáveis. Transpirava abundantemente e seu corpo ficava em estado de alerta. Uma sensação de pânico o invadia e ele não conseguia respirar direito. Pensou estar com alguma doença grave. Fez exames de rotina que nada revelaram. Ele tinha medo que seus colegas percebessem e o achassem sem qualificações para o cargo. Não sabia o que fazer enquanto os sintomas aumentavam de intensidade. Pela manhã, ao se arrumar para o trabalho, a sensação de medo e perigo o invadia. Era desesperador. Seu superior decidiu adiantar suas férias atribuindo tudo ao stress do novo cargo e o aconselhou a aproveitar os dias para investigar tudo aquilo.

Sentado na minha frente ele dizia ter 25 dias para se curar ou teria que abrir mão de seu sonho. Havia reparado que, nos dias em que estava na casa da mãe, não tinha sentido os sintomas.

Fizemos Regressão de Memória, usando o método da Psicoterapia Reencarnacionista. Nesse método, não há direcionamento algum. O Mentor Espiritual da pessoa, ou seu Eu Superior direciona o trabalho, fazendo com que a memória ou lembrança necessária no momento seja acessada. 

Na primeira sessão, ele se viu com outra aparência, pilotando um avião. Parecia um ataque aéreo. Ele estava nervoso e com medo. Era muito jovem. Num certo momento algo deu errado, parece que o avião foi atingido e começou a cair. Todos os sintomas atuais estavam presentes ali. Ele os reconheceu. De repente, quase gritou: 

-Mas o lugar é o mesmo! O avião caiu ali onde estou trabalhando hoje! Estou vendo, alguém confirma isso para mim, estou escutando. Meu Deus, como poderia imaginar!!!!! Eu "morri" ali.
Conversamos depois sobre isso e ele não acreditava ser isso possível mas as imagens e sensações eram reais demais para ele. Fizemos mais 3 sessões. Os sintomas não apareceram mais enquanto esteve aqui.


E no final das férias, ele precisou voltar. 
Depois de dois meses mandou notícias.
Estava muito apreensivo ao retornar ao trabalho mas os sintomas não reapareceram. Ele ficava tenso e imediatamente lembrava do motivo e foi conseguindo lidar com isso. Até que a sensação de medo desapareceu totalmente. Soube há mais ou menos um ano por sua mãe, que ele estava bem e feliz no seu trabalho.

Angela Cunha



sexta-feira, 26 de agosto de 2011

A Dança do Orixá

Uma mulher me procurou há uns 4 anos com uma profunda depressão e sintomas de pânico. 
Ela tivera problemas também com o centro espírita onde trabalhava há alguns anos e não conseguia se desligar de lá. Isso a deixava muito triste. 

Começamos a trabalhar e ela foi melhorando e se sentindo mais animada a cada sessão. Depois dos primeiros atendimentos, a cada vez que terminávamos a sessão, enquanto falava com ela, uma imagem sempre me aparecia. Eu via um orixá que me parecia de Candomblé, usando aquela vestimenta de palha, e esse orixá dançava todo o tempo. Eu não cheguei a dizer a ela o que via ,inicialmente, e nem entendia o que significava. Mas a imagem sempre aparecia no fim das sessões.

No dia em que falei a ela sobre o que via, tive junto com a imagem a mensagem de que ela teria um dia o seu próprio centro. Naquele momento isso parecia impossível. Ela não estava pronta por todos os sintomas que tinha e não havia se desligado ainda do centro onde esteve por anos. Mesmo assim, comuniquei a ela o que estava acontecendo.

Com o passar do tempo, sua melhora se consolidou. Principalmente depois que conseguiu ter uma conversa definitiva com a dirigente do centro ao qual pertencia e se desligar definitivamente de lá. Segundo ela, foi muito mais fácil do que havia imaginado. Sentiu-se livre, depois disso. Nessa época, não mais se sentia deprimida e nem apresentava mais nenhuma crise de pânico. 

Interrompemos os atendimentos, por vontade dela, conforme se sentiu melhor e mais fortalecida.

Meses depois iniciou, com a orientação de seus guias espirituais, reuniões mensais de atendimento espíritual. Um ano depois, abriu seu próprio centro espírita. Hoje tem filhos e filhas de santo sob sua responsabilidade. Aqueles dias de depressão ficaram no passado.

Fui convidada para uma festa em seu centro, ano passado. Durante as comemorações, a entidade que é mentora do lugar me chamou e me agradeceu pelo que fiz pela sua protegida. Senti uma forte emoção na sua presença. Não sei se essa era a entidade que eu via dançar. Mas de qualquer modo, saber que meu trabalho possibilitou o desabrochar dessa pessoa para sua missão, me fez agradecer muito pela oportunidade.

(Angela Cunha)

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Anthar



A humanidade conhece bem o mundo conhecido (o mundo exterior), muito pouco do mundo interior e quase que absolutamente nada do mundo superior. Isso porque a vida na 3D é fragmentada e limitada: apesar de o ser humano poder viver nos três mundos simultaneamente , ele apenas o faz num só. E de maneira miserável, geralmente.


Para conseguir a ‘primeira migração’ (do exterior para o interior) o ser humano precisa desligar-se (não é romper , entendam bem) da realidade exterior, ou seja, tornar-se ‘insensível’ aos estímulos exteriores que lhes chegam através dos seus órgãos dos 5 sentidos.

Já se sabe que o mundo exterior é reflexo do mundo interior, mas vejam o ‘non-sense’ que decorre disso quando o ser humano tenta recriar a realidade que o cerca, buscando por estímulos nessa mesma realidade...O mundo exterior oferece estímulos para o ser humano “criar sempre o mesmo", apenas com ligeiras variações enganosas! Pense um pouco nisso.

Assim sendo, o ser humano com seu tão falado e exaltado poder-de-cocriação, acaba mantendo uma situação que – bem lá no fundo – ele deseja mudar. Mas enquanto estiver ligado e estimulado pelos valores externos, ele não o conseguirá. Ficará se repetindo, repetindo,repetindo...encarnação após encarnação.


OK. E então?

Bem, então é o seguinte: para sair dessa ‘gaiola de hamster’ é preciso primeiro afastar-se dos estímulos externos. Só para ilustrar um pouco: afastar-se da ambição por ter/ser/fazer sempre mais e mais; afastar-se dos cenários competitivos; afastar-se do mundo irreal das imagens (TV, cinema, vídeos e jogos em geral,etc.) e dos relacionamentos virtuais. Buscar pela simplicidade no viver.

Lembrando sempre que ‘afastar-se do que o mundo exterior valoriza tanto’ não é ‘romper’ com ele e essas ilusões. Mas, atenção - quando o ser humano consegue mesmo que seja um pequeno distanciamento dos valores deste ‘mundão 3D’, pode ocorrer um fato meio preocupante...

Apesar disso é bom o ser humano saber o que é, para lidar com a situação de maneira lúcida e consciente. É o seguinte: ele pode começar a sentir um ‘vazio’ em sua vida cotidiana, ou seja, ele já não sente mais tanta vontade de fazer-fazer, de comprar-comprar para ter-ter, de lutar-lutar para vencer, e até de falar-falar para convencer. Tudo isso começa a lhe parecer sem importância. E a sensação parece a de ‘estar perdido’.

Esse é o momentum.

OU o ser humano não consegue agüentar esse ‘vazio’ – que é temporário, diga-se a verdade – e volta para o ‘mundão 3D e suas ilusões, OU dá o famoso ‘salto quântico' , sobrevive na 3D do jeito que dá e fecha definitivamente as janelas do mundo das ilusões. É quando consegue vislumbrar as portas para o mundo superior.

As janelas se fecham para que portas sejam abertas. Mas...é preciso suportar o vazio-do-seu-dia-a-dia-no-mundo-material. 

Vai encarar?

Anthar

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Ativando a Energia do Coração

Nesse AGORA que vivemos somos solicitados a voltar nossa atenção para nosso interior. Nossa educação durante séculos foi totalmente voltada para o mental. Nunca nos ensinaram que há dentro de cada um uma extrema sabedoria que pode ser acessada a qualquer momento.

Através da energia  do coração limpamos  os registros passados (mágoas, lembranças traumáticas, medo, dor, etc) que não nos servem mais mas que vivemos repetindo e assim podemos acessar nossa sabedoria interior. Através dessa sabedoria, nossos passos serão guiados pela energia do coração. Com ela, somos mais livres e vivemos no presente, sem carregar emoções acessadas automaticamente de um outro agora (passado) que não existe mais.

Nesse AGORA toda a espiritualidade nos possibilita essa cura emocional. Quanto mais pessoas trabalharem em si mesmas essas possibilidades, todos serão beneficiados. Quando alguém muda energeticamente, se tornando uma pessoa mais consciente, essa pessoa consegue atingir todos ao seu redor, como um efeito dominó.

Baseada nessa necessidade, surgiu a idéia da Jornada Multidimensional Através da Energia do Coração. Foi um trabalho canalizado, e sendo assim, não é meu apenas. Trabalharemos com Equipes Espirituais formadas por seres interessados nesse trabalho de autoconhecimento. Algumas pessoas acessam mensagens de seus mentores espirituais através de experiências únicas e inesquecíveis. 

Essa jornada é pessoal e esse é o primeiro passo. Outros acontecerão. Galgaremos um degrau de cada vez, integrando todas as descobertas que fizermos e todas as vitórias sobre nossos conflitos emocionais. E esse presente é para sempre. Há muitas boas surpresas a nossa espera e só basta estarmos dispostos a receber.

A todos que se sentirem chamados para essa jornada afirmo que não se arrependerão dessa experiência. 
No dia 10 de setembro farei o primeiro encontro no Rio. Como é a primeira experiência aqui ( uma já foi feita em junho, em Brasília) o valor do investimento está reduzido, portanto é uma excelente oportunidade. 


Aguardo vocês com alegria.

Angela Cunha

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Os Doze Passos

Já ninguém duvida de que nos estamos aproximando de um momento inexorável da nossa história como espécie. Nem os céticos podem negar que algo está acontecendo a nível planetário, algo que vai além dos conflitos sociais e ecológicos, ou da transformação do paradigma científico. 

Para os que vivem esta realidade como uma experiência energética de expansão e conexão, os tempos têm-se acelerado. Crescimentos abruptos, ruptura de vínculos, desaparecimento de doenças sem existir tratamento, percepções acrescentadas, sincronicidades sem limite. 

Parece que estamos vivendo num parque de diversões monumental, onde de repente se ativaram todos os efeitos especiais, enquanto nós testamos todos os jogos de uma vez. 

Por vezes é divertido, às vezes é chocante, mas continuamos encontrando um propósito a cada experiência, sentindo cada momento como se fosse o último. 

Alguns encontraram a sua própria bússola para se manterem no eixo. Outros, recentemente, estão se apercebendo de que necessitam de uma, antes que a realidade termine desmoronando-se sobre as suas cabeças. 

Hoje, quero sugerir-lhes doze passos para o advento de 2012: 

MEDITAÇÃO DIÁRIA. Ontem era recomendável, hoje é imprescindível. A meditação diária é o combustível do nosso corpo e da nossa alma para percorrer este tempo. Façam-no de maneira simples, em três fases: respiração consciente, relaxamento corporal, chegada de Luz. Quanto mais simples, mais fácil será incorporá-la como hábito.
 

INTENÇÃO CLARA. Não podemos continuar vivendo cada dia como quem sobe em um avião e diz ao piloto: "leva-me para onde quiseres". Necessitamos de um um propósito continuado sem interrupção. 

REGISTRO DE SONHOS.



Os nossos sonhos estão-nos guiando na direção da nossa evolução. Sempre o fizeram, mas agora é necessário que prestemos muito mais atenção ao que significam. Pratiquem a memória do sonho, tratem de recordar ainda que não o entendam, dividam-no com outros interessados no mesmo. 





DESAPEGO RADICAL. Alguns Seres passaram por experiências duras no plano sentimental, mas tudo isso foi para um propósito, para centrar e equilibrar energias e com isso discernir se a pessoa que os acompanhava tinha o mesmo propósito de evoluir. Avaliar que acontecimento do passado afetou a nossa maneira de sentir e de vibrar. Não ficar estancado nesse acontecimento, transformá-lo. O propósito é simples... Concluir para fechar todas as pontas soltas dessa situação, portanto, tirar disso todas as experiências que tiveram para nos separarmos e terminar de uma vez por todas com o que nos impede o nosso crescimento, avaliar o que realmente nos enche completamente. Despeçam-se verdadeiramente do que não é útil. Descubram que recebem em troca uma energia extraordinária, mantenham-se unidos com os seres que vibram na mesma frequência para expandir essa Luz de cura da mente de todos os outros seres. Não importa a experiência que se teve, o importante é o reconhecimento no Agora do que é realmente valioso para o nosso crescimento interior e tomar a decisão se o nosso parceiro(a) é um obstáculo a isso, se é de simplesmente deixar ir "Terá a sua própria experiência”, se pelo contrário é um Ser que deseja mudar/continuar crescendo, será uma grande ajuda para a evolução como um casal. 

REDES SOCIAIS. Reúnam-se, somente, com aqueles que dividem esta filosofia de vida. A mudança vos encontrará reunidos. Participem em práticas de ativação da consciência, mantenham-se bem informados através de sites na internet ou de pessoas que vibrem na mesma ressonância e que tenham os mesmos objetivos. Não percam tempo com ilusões inúteis e fúteis. Dispensem a vaidade. Despertem a consciência o quanto antes. Assistam a seminários e conferências e troquem informações. Façam a gestão das vossas próprias redes de grupos reais ou virtuais. 

COMUNHÃO COM A TERRA. A Mãe Terra está evoluindo juntamente conosco. De fato, ela é a iniciadora deste movimento e a razão principal de estarmos girando para um destino superior. É a nave que nos leva através do cosmos. Reverenciamo-na de maneira mais simples e universal: dando Amor a ela e às suas criaturas. 



TEMPO NA NATUREZA. Apanhem sol, ainda que seja na varanda uns minutos durante a manhã, tomem contato com a energia natural em todas as oportunidades que tenham. Caminhem, observem os sinais do vento, as nuvens. Carreguem-se de vitalidade e pureza. 

ARTE. Expressem-se criativamente, mesmo quando sintam que não têm capacidade artística. A arte é uma qualidade inerente à espécie, só que nos condicionaram a aceitarmos somente certas formas criativas. Permitam que a alma fale no seu próprio código, que é o da arte. 

SEGUREM-SE AOS SEUS SONHOS. Cada alma tem um sonho, é esse o seu Norte. Encontrem o que vos torna felizes e sigam o seu rastro. Abandonem definitivamente todos aqueles preconceitos e crenças limitantes que vos dizem o que “é possível” e o que não é. Quando chegarmos ao momento que nos espera como espécie, não nos servirá de nada ter feito as coisas segundo o que “se esperava de nós”. Encontrem o vosso propósito existencial. 

LIMPEZA KÁRMICA. Os nossos campos de energia estão cheios de resíduos que já não são funcionais para o nosso crescimento. Noutras épocas, talvez nos tivesse levado anos a compreender e a transmutar esses restos de experiências kármicas. Hoje, a aceleração e as alterações no nosso ADN fazem arrebentar as cristalizações antigas. Limpem o que fica delas com o trabalho dos chakras, cura com sons, desintoxicação do organismo com jejum ou dieta sã, trabalho com a energia. 

DESCANSO. Toda esta evolução produz em nós um inusitado cansaço. A matéria está mais lenta na hora de ajustar a sua dinâmica à da consciência. Protejam-se descansando o suficiente, e mais. Se puderem, façam uma sesta, ou sempre que possam, não importa o momento do dia. Se não podem, substituam qualquer “compromisso” por tempo para vós, relaxamento e silêncio reparador. CUIDAR DO CÉREBRO. 

PEDIR ASSISTÊNCIA SUPERIOR. Estamos sendo acompanhados por entidades espirituais de diferentes cores e frequências, mas com o mesmo grande projeto: ser testemunhas do maravilhoso momento em que uma espécie transita de uma Dimensão para outra. Até certo ponto, podem ajudar-nos com conexões amorosas, estímulo e inspiração. 



Texto na íntegra AQUI.

sábado, 6 de agosto de 2011

Jornada no Rio


Jornada Multidimensional Através da Energia do Coração
No Rio de Janeiro


Estamos vivendo tempos magníficos, segundo as diversas canalizações que recebemos atualmente. Ao mesmo tempo, nos vemos às voltas com problemas pessoais, situações que se repetem, decepções, doenças, angústia, ansiedade, mágoas e dores diversas.

A cura pessoal através da energia do coração é o caminho a seguir.
Não importa o caminho que você vem trilhando. Todo o caminho é certo e válido. 
Se você chegou até aqui, você está pronto para começar.




Sábado: dia 10/09/11 - 14h às 19h


Local : Rio de Janeiro - Jacarepaguá                                                                                                                           



ROTEIRO DA JORNADA 

Apresentação
Exercício de Sintonização com a Energia do Coração
Meditação de Amor ao Planeta Terra

Acolhimento da Criança Interior (envolve as múltiplas crianças feridas que fomos e que ainda permanecem em nós)
Curando Relacionamentos Afetivos (curando mágoas do passado)
Terapia Multidimensional - A Cura Pelo Coração (trabalho multidimensional feito por uma equipe espiritual)

Encerramento
Entrega de Certificados


Facilitadora: Angela Cunha




Informações: angela_psi2004@yahoo.com.br

angela_psi@hotmail.com

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...