Pesquisar este blog

Traduzindo

sábado, 7 de julho de 2012

Constelações Familiares


O que é constelar?


Ao vir ao mundo no seio de uma família,não herdamos somente um patrimônio genético,mas sistemas de crença e esquemas de comportamento.Nossa família é um campo de energia no interior do qual nós evoluímos.

Esse campo familiar limita ou sublima a nossa capacidade de ser felizes,de escolher livremente,de manter relacionamentos agradáveis e de gozar boa saúde. 

As constelações familiares nos dão a possibilidade de compreender esses esquemas,sejam eles conscientes ou inconscientes,ou mesmo arraigados em nós. Felizmente podemos nos libertar. E essa liberdade terá repercussões tanto em nossa vida e na daqueles que nos são próximos quanto na das gerações futuras. 

É um trabalho belíssimo e abre novos horizontes.

Ruth Janiques


Criada pelo alemão Bert Hellinger, as Constelações Familiares são uma metodologia terapêutica que permite tornar visível a dinâmica sistêmica dos relacionamentos humanos, normalmente oculta. De acordo com Hellinger, acontecimentos graves ocorridos no âmbito da família atual e de gerações passadas repercutem em nós. 

  

Através da constelação, amplia-se a consciência das próprias experiências, o que contribui para a dissolução de conflitos de qualquer ordem, para a harmonização das relações, para a reconciliação consigo e com os demais membros do sistema em questão.  



Este trabalho terapêutico é indicado para todas as pessoas comprometidas com sua saúde integral, com a saúde de suas relações e com seu crescimento pessoal. Além de contribuir imensamente com profundas transformações na vida de pessoas que buscam soluções para dificuldades de auto-realização, conflito familiar, questão profissional, econômica, de relacionamento, dependência química, fobias, traumas e até doenças crônicas. 



A participação nos grupos de constelação familiar tem um triplo componente terapêutico:



- Como constelando: A explicitação de um tema ou situação específica, por exemplo, a sua relação com os seus pais ou de casal, situações de perda, sintomas, entre outras, gera um movimento interno que desvenda e traz à luz uma dinâmica desconhecida, desencadeando um processo de cura. 

- Como representante: Ser escolhido como representante leva à vivência de situações que podem estar relacionadas com o sistema da pessoa que foi escolhida, levando-a a um movimento sutil em direção à harmonia interior;
- Como observador: O simples fato de se estar presente e observar o trabalho que está se desenvolvendo pode trazer benefícios através da compreensão das ordens que atuam nos sistemas.


Segunda-feira, dia 30/07 haverá um trabalho no Rio com Constelações Familiares com a psicóloga Ruth Janiques, de Fortaleza.

Peço a aqueles que quiserem conhecer e/ou apoiar o trabalho ou constelar, que entrem em contato por telefone o quanto antes, uma vez que as vagas são limitadas. 

Valores para os que vão constelar e endereço serão informados por telefone. Pessoas que forem apoiar o trabalho são bem vindas e também têm benefícios participando do trabalho dos que vão constelar.



O encontro será realizado no bairro da Taquara - Jacarepaguá, em meu consultório, das 14:30h às 20:30h, com intervalo para lanche às 17h.




Muito obrigada, 
Angela Cunha
(21) 8288-9049 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...