Pesquisar este blog

Traduzindo

domingo, 3 de maio de 2015

CHAKRAS TRANSPESSOAIS


CHAKRAS TRANSPESSOAIS


EM DIREÇÃO AO FUTURO

Em nosso planeta pequeno e frágil, temos sido saturados de novas energias cada vez mais potentes e variáveis, vindas de nosso sitema solar e da galáxia. 

Essas energias, mais bem descritas como luz de alta frequência, estimulam nosso potencial evolutivo.

Quando examinamos com cuidado, usando nossa consciência superior, começamos a perceber que o sistema de sete chakras secundários foi apropriado durante os últimos dois milênios. Mas é imperativo nos basearmos nessa "memória"para caminhar em diração ao futuro. Podemos fazer isso conectando-nos com as novas energias. 

No decorrer desse grande trabalho, nossa aura se expandirá e outros chakras de grande importância entrarão em cena.


CHAKRAS RECENTEMENTE DESCOBERTOS

Os novos chakras transpessoais, disponíveis para a humanidade neste momento, em ordem crescente são:

- Chakra Estrela da Terra
- Chakra do Hara/Umbigo
- Chakra Causal
- Chakra Estrela da Alma
- Chakra Portal das Estrelas

Esses chakras foram nomeados pela primeira vez por Katrina Raphaell em seu livro " The Cristalline Transmission"(1990), e muitos curadores e professores que ensinam sobre cristais ainda estão trabalhando para aprofundar seu conhecimento desses chakras. 

É evidente que estamos recebendo um novo tipo de fortalecimento espiritual pessoal que não está vinculado a nenhuma religião. 

O CHAKRA ESTRELA DA TERRA

Esse chakra é como "um retorno ao futuro". Em civilizações passadas, tais como Mu e Atlântida, viviamos na Terra como Seres de Luz conscientes de que tinhamos vindo das estrelas - e que para elas retornariamos. Mas, todas as coisas mudam, nossos corpos se densificaram e o que nos restou foi nosso campo áurico que mal pode ser visto. 

Segundo os antigos ensinamentos, movemo-nos em espiral pelo universo, jamais retornando ao mesmo lugar no espaço; no entanto, carregamos um pouco da recordação de tempos passados codificada em nossas células corporais.

DESPERTANDO O CHAKRA ESTRELA DA TERRA

Por onde quer que caminhemos, o Chakra Estrela da Terra está abaixo de nossos pés e conectado fisicamente conosco por terminações nervosas nas solas. A sutil conexão de energia se dá pelos pontos de reflexologia do chakra na parte interna de cada pé.

Atualmente, alguns de nós estamos lembrando de nossas origens: recordando que onde quer que caminhe um Ser Iluminado, a atmosfera circundante "se ilumina". 

Na maioria das pessoas, o Chakra Estrela da Terra tem a cor escura, quase preta. Mas nos seres iluminados, quando seus pés tocam o chão, um brilho de côr magenta os acompanha - o seu Chakra Estrela da Terra está desperto e se torna uma parte de seu campo áurico expandido. 

Esse campo áurico, intensificado, combina seu halo dourado no Chakra da Coroa com a luz radiante dos tres outros chakras principais, acima da cabeça. Nesse ponto, embora eles ainda estejam num corpo físico (se bem que altamente refinado), terão passado pela quarta e quinta dimensões, preparando-se para ascensender à sexta dimensão. 

Para caminhar de maneira consciente, em contato com o chão, envie suas "raizes"para baixo a partir de sua coluna e as solas de seus pés até o coração cristalino da Mãe Terra. Isso tambem conecta você com o Chakra Estrela da Terra e, juntamente com as ativações de cristal de uma natureza espiritual, é o primeiro estágio em sua jornada de volta para as estrelas. 

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO CHAKRA ESTRELA DA TERRA

COR - Preta, mas magenta quando ativado.

QUESTÕES FUNDAMENTAIS - Recriação da matéria.

LOCALIZAÇÃO FÍSICA - Abaixo dos pés, espalhando-se num círculo.

ÁREAS FÍSICAS ASSOCIADAS - Terminações nervosas nas solas dos pés.

ÁREA DA COLUNA ASSOCIADA - Nadi central sushumna. (*)

(*) Nota Stela - veja imagem abaixo:

ASPECTO INTERNO - Reestruturação do DNA humano.

AÇÃO FÍSICA - Cosnciência da natureza.

AÇÃO MENTAL - Superação da polaridade.

AÇÃO ESPIRITUAL - Preparação para ascensão do Corpo de Luz.

GEMA PARA ATIVAR - Quartzo claro.


CRISTAIS E OS TRÊS CHAKRAS CELESTIAIS

Antes que a ativação do Chakra Estrela da Terra ocorra, outro chakra importante normalmente entra em ação: o Chakra do Hara/Umbigo, localizado logo acima do Sacro.

O Hara costuma ser mais desenvolvido em pessoas que fazem práticas espirituais orientais; os ocidentais costumam ter um Chakra do Sacro mais desenvolvido.

O Hara é amarelo-alaranjado e opera nos nossos rins, digestão e  a absorção de alimentos. Como ele nos proporciona suporte físico e força (assim como fazem as artes marciais orientais), essa é uma área essencial para melhorar o metabolismo e a perda de peso, em combinação com o seguimento de práticas orientais. Os cristais olho de tigre e cornalina ajudarão a trazer luz a esse chakra.

Os três chakras transpessoais e celestiais acima de nossas cabeças são: o Chakra Causal, a Estrela da Alma e o Portal das Estrelas. Eles estão localizados dentro e alem de nosso campo áurico e podem ser vistos como nossas estações retransmissoras pessoais com as estrelas; elas transmitem e recebem uma multiplicidade de energias que passam para todos os outros chakras.

O CHAKRA CAUSAL


Ele está localizado a cerca de 10 cm para trás do Chakra da Coroa e se alinha em termos energéticos com o Alta Maior (*) e a coluna vertebral.

(*) Nota Stela - O Chakra Alta-Maior - O centro cefálico alta-maior é exteriorizado com à medula alongada, achando-se no bulbo raquidiano, colocado mais exatamente no cume da medula oblongada. Poucas coisas podem ser ditas sobre este centro que não está ativo, salvo nos altos iniciados e adeptos da sabedoria. Nos seres avançados, o cérebro tornou-se um transmissor ou um receptor perfeito da energia da vida. Para este efeito, o cérebro utiliza a glândula carótida governada pelo centro psíquico alta-maior, estabelecendo, assim, uma relação muito estreita com o coração e o centro coronário. As glândulas carótida, pituitária e pineal condicionam tudo, particularmente a substância cervical. Este triângulo está inteiramente unido no adepto. Pelo contrário, a glândula tireóide substitui a carótida no discípulo, o que afeta, sobretudo, o desenvolvimento do intelecto e, pois, da matéria mental. Entretanto, quando o cérebro é utilizado como um transmissor de energia da vida, é a glândula carótida governada por alta-maior, à qual diz respeito, e quando ele torna-se um receptor de energia mental é o centro Ajna que se torna o agente. A tradição oriental indica que quando um homem tornou-se um adepto, tendo unificado sua personalidade e a alma, somente neste momento lhe é possível agir sobre a energia para despertar o fogo kundalini que dorme nas profundezas das vértebras sagradas. Deste modo, a energia projetada para baixo deve passar por alta-maior, descer ao longo da medula espinhal e unir-se às duas correntes em expectação. A reelevação unificada destas três forças determinará, então, a abertura e atividade de todos os centros, deste modo: o canal central unido ao centro coronário e os dois outros canais unidos, um ao Ajna, o outro ao alta-maior.(Michel Coquet, Les Çakras – L’anatomic occulte de l’home, Dervy-Livres, pp. 117/118.)

Enquanto o Alta Maior tem relação com a memória distante, o Chakra Causal, quando ativado, está pronto para guiar a nossa vida presente quando estamos num caminho da exploração espiritual. Nesses momentos, ele age como um filtro benéfico para "colorir"as nossas intenções em relação ao bem maior de toda a humanidade.

A partir disso, é possível entender que se estivermos presos ao ego, esse chakra não funcionará.

O Chakra Causal nos permite reprogramar a nossa vida de maneira consciente por meio da paz interna silenciosa. Ele ressoa com os cristais da cianita, pedra da lua e celestita, e com a côr verde-água.

A ativação do Chakra Causal é ajudada pela atenção concentrada de um curador habilidoso que, na condição de "trabalhador da luz", compreende o papel que a luz desempenha na elevação da consciência humana.

O CHAKRA ESTRELA DA ALMA

Este chakra está localizado a aproximadamente 15 cm acima do topo da cabeça, numa linha direta com (e se fundindo com) as energias que lembram uma fonte, de côr violeta-dourada, do Chakra da Coroa. É a nossa conexão com a totalidade da nossa galáxia da Via Láctea e pulsa informações desde a fonte galáctica até casa indivíduo desperto.

Em troca, as almas despertas transmitem formas pensamentos de volta para a fonte, enquanto ainda estão num corpo físico; mas, quando se libera do corpo, na morte, uma semente de tudo o que foi um Ser Iluminado permanece na Estrela da Alma.

É por esse motivo que os povos antigos diziam que eles se tornavam estrelas no céu noturno e afirmavam que, embora seus corpos pudessem morrer, isso nunca aconteceria com as suas almas.

A Estrela da Alma pode ser ativada por um curador habilidoso com cristais, usando uma "varinha"de selenita, e a ela é atribuida a cor delicada de um pêssego rosa-claro.

O CHAKRA PORTAL DAS ESTRELAS

Esse é o elo mais elevado que podemos ter com a criação neste momento particular na evolução da humanidade. Ele está, geralmente, localizado a 30 cm do topo da cabeça, mas, como os outros dois chakras celestiais, a sua posição varia enormemente.

De fato, entende-se que esse chakra de luz, que nos conecta ao cosmos, é multidimensional, holográfico, interestelar e atemporal.

Nessa encruzilhada espiritual particular da humanidade, a criação está usando o Portal das Estrelas para evocar os seres humanos despertos, com o objetivo de iluminá-los com a radiância da Luz Divina de toda a criação.

Não há nada que possamos fazer pessoalmente para ativar esse chakra - isso ocorrerá apenas quando a humanidade estiver pronta em termos coletivos.

Entretanto, há muitas coisas que podemos fazer para nos preparar, praticando diariamente atos de amor incondicional, abstendo-nos de julgamentos e agindo com compaixão e graça em relação a todos os seres vivos.

http://stelalecocq.blogspot.com/2015/04/chakras-transpessoais.html
Texto: trecho do livro "A Biblia dos Chakras" - Patricia Mercier - ed. Pensamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...