Pesquisar este blog

Traduzindo

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Situações Cármicas




Situações kármicas entre indivíduos podem ser levadas à conclusão de uma vez por todas através do Amor Divino mesmo se uma das pessoas envolvidas não escolher participar.

Primeiro reconheçam que a outra pessoa é um Ser Divino mesmo se ela não souber ou se importar em saber disto ela mesma.

Então enviem luz a ela e conscientemente tenham a intenção de que quaisquer cordões energéticos negativos que possam ter sido criados entre vocês sejam amorosa e permanentemente retirados.

Muitos relacionamentos kármicos antigos estão entrando no conhecimento consciente nesta época porque é necessário ir além deles ser for para vocês evoluírem.

Laços kármicos são facilmente reconhecidos quando há alguma pessoa ou pessoas em sua vida com quem vocês constantemente se sentem fora de sincronismo, não gostam, ou a quem vocês resistem de alguma forma.

Muitas vezes é um parente, o resultado de escolhas pré-natais feitas por ambos para ativar e então limpar o resíduo energético antigo.

Cordões energéticos também podem se desenvolver através de “amor” demais e apego ao outro, e estes também precisam ser limpos.

A maioria dos cordões energéticos se desenvolve e pode fortalecer através de vidas e foram trazidos com vocês para esta vida.

Agora é hora de limpá-los para vocês estarem livres para evoluir.

Vocês estão preparados para a sintonia fina de crenças sobre o amor, indo além dos conceitos de uma sociedade enredada na crença de que o bem de uma pessoa está fora dela e nas pessoas, locais ou coisas.

Isto não significa que vocês não podem ter relacionamentos saudáveis e felizes, mas significa que os relacionamentos reais somente podem vir depois que se vai além da “necessidade” de um relacionamento pela percepção de que se é completo com ou sem o outro.

Essas parcerias ocorrem por escolha de ambas as partes, contêm o respeito mútuo pela individualidade do outro, e nunca são baseadas em necessidade, julgamento, insegurança ou na crença de que um é a metade de um par.

O Amor é o fluxo de saída natural de uma consciência que percebe sua totalidade e integridade em virtude da Unidade, queridos.

Neste estado de consciência vocês param de olhar para outros para completar vocês.

Vocês param de se permitirem ser validados por opiniões externas.

Vocês passam a saber que na realidade vocês são completos e perfeitos e as opiniões do mundo são irrelevantes.

Vocês sabem que não podem jamais ser separados de quem e do que vocês são – JAMAIS.

Isto não significa ignorar o senso comum ou falhas humanas que precisam ser observadas, mas significa que dentro do seu coração vocês começam a se identificar com o seu verdadeiro EU ao invés do eu ego.

Uma conscientização do AMOR os permite livremente amar o mundo porque agora vocês são capazes de ver através dos quadros externos.

Agora é um tempo poderoso e uma percepção mais profunda de que o Amor é o resultado da ascensão.

Nada mais de rótulos, nada mais de se abster enquanto decide quem é merecedor de amor e quem não é.

Isto não significa que vocês precisam sentir uma emoção de amor pelos transgressores do mundo, mas significa que é preciso chegar à conscientização de que aquelas almas ainda não despertas também são Seres Divinos.

Visualizem um diamante no coração de cada uma e de todas as pessoas que vocês encontram ou conhecem mesmo que esse diamante possa ser muito pequeno.

Vocês estão preparados para aprofundar mais seu entendimento – vivendo, movendo e tendo sua existência no Amor real.

Nós somos o Grupo Arcturiano.



Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...