Pesquisar este blog

Traduzindo

sexta-feira, 29 de abril de 2011

A Pedra - Parte II - Acolhendo a Dança Entre o Espírito e o Corpo

Foto: Walkiria Adams


Imagine que você está carregando uma pedra no seu pescoço, de verdade. Observe-a e veja o quanto ela é pesada e grande. Liberte sua imaginação. 

A pedra contém todas as emoções com as quais você tem dificuldade e todas as crenças negativas sobre viver na Terra, do tipo “Não sou bem-vindo aqui”, “As pessoas não me compreendem”, e assim por diante. A pedra carrega o seu medo assim como a sua resistência à vida. Ela simboliza aquilo que ficou preso e bloqueado dentro de você. Portanto, a pedra também indica a sua missão na vida. A missão da sua alma é levar luz às partes mais densas de você mesmo.

É seu propósito de vida irradiar sua luz nas partes endurecidas e petrificadas de você mesmo. Difundir sua luz na Terra é, em primeiro lugar e mais importante de tudo, dirigir-se à sua escuridão interior. Logo que você empreender esta viagem interior, sua luz automaticamente se irradiará para fora, para outras pessoas, inspirando-as a fazer o mesmo. Você não precisa se concentrar no que precisa ser remediado no mundo. Concentre-se na sua própria pedra. 

Você consegue ver uma imagem dela? Que cor ela tem? O que você sente quando a toma em suas mãos? Cumprimente a sua pedra e segure-a gentilmente. Permita que a sua consciência flua para dentro da pedra e sinta a energia no seu interior. Você sente raiva, tristeza ou medo? Permita que a pedra lhe conte a sua história.

Lembre-se que você, que está segurando a pedra, é um ser de luz vivente. Você está inteiro, mantido em segurança nas mãos de Deus. Agora observe o que acontece com a pedra só pelo fato de você segurá-la e voltar sua atenção para ela de um modo aberto e acolhedor. Ela vai se transformar. Ao se conectar com ela a partir da sua própria essência divina, envolvendo-a com aceitação e compreensão serena, você a borrifa com faíscas de luz. A pedra se acende a partir de dentro. Sua consciência leva luz e movimento para dentro da pedra. Ela não é mais fria e dura. Gradualmente ela se transforma numa pedra preciosa. A estrutura da pedra mudou graças à sua atenção amorosa. Dê uma boa olhada e veja que cor e forma ela toma.

Agora pergunte à pedra: “Qual é o seu presente para mim?” Que tipo de qualidade você sente que está presente na sua pedra preciosa? Sinta em seu interior. É compaixão? É tolerância? É a capacidade de se entregar e confiar? É tranquilidade, coragem e alegria? Receba o presente. 

Antes a pedra continha energia presa e escura. Depois que você a envolveu com o poder sereno da sua natureza verdadeira, ela se transformou num tesouro. Ela não foi simplesmente neutralizada; ela se transformou numa pedra preciosa, refletindo sua beleza e sabedoria internas. Aquilo que antes era uma pedra pendurada no seu pescoço, transformou-se numa jóia valiosa. Pegue a pedra e veja como ela brilha e faísca numa cor e forma que refletem sua energia única. Permita que a pedra entre no seu corpo e veja para onde ela vai naturalmente. 

Para que parte do seu corpo a pedra vai espontaneamente? Que efeito ela tem sobre você? Ela terá um efeito curador no seu corpo e no seu espírito.

A vida constantemente o convida a voltar-se para as suas próprias partes densas, escuras e bloqueadas. A dança entre espírito e corpo é como uma dança entre luz e trevas. Assim que você reconhece sua natureza verdadeira, a dança torna-se menos estressante. Ela se torna uma alegria. Quando você se conscientiza do poder transformador do seu eu divino e convida a escuridão a vir para o exterior, a dança entre a luz e as trevas produz jóias preciosas que mostram como a luz pode viajar para dentro das partes mais densas da realidade. A pedra preciosa é o resultado da integração da consciência com a matéria, o fruto da dança entre o espírito e o corpo. 


A vida o convida a realizar esta dança vezes sem conta. Sempre que sentir negatividade ou trevas na sua vida, por favor, não julgue. Traga a pedra à sua imaginação. Acolha-a e conecte-se à parte de você que ainda não está iluminada pela sua percepção divina. Tome conta da pedra. Sua atenção amorosa é a chave para acender a pedra de dentro para fora. Ao irradiar sua luz sobre as partes densas e escuras no seu interior, você abraça a dança da criação e Deus nasce na Terra através de você.

© Pamela Kribbe 2011
Tradução de Vera Corrêa

13 comentários:

  1. Ai, Angela...queria tanto conseguir transformar a energia negativa em positividade, acolhimento, reconhecimento. Umas pessoas precisam de mais "treino" que outras e eu sou uma delas...

    "Assim que você reconhece sua natureza verdadeira, a dança torna-se menos estressante. Ela se torna uma alegria."

    Adorei e é com essa frase que quero começar a semana.
    Beijos BU

    ResponderExcluir
  2. Que legal que tem esse propósito, Dani.
    Acho que esse é um bom começo.
    Boa semana, que ela seja iluminada com suas realizações.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Sou como a Dani, preciso de um pouco mais de treino....
    Mas adorei seu blog! Fiquei tentando tentando imaginar a sua voz... Será que é tão calma e tranquila como eu imagino?? Rsrs...

    Beijos Angela, adorei passar por aqui...

    ResponderExcluir
  4. Angela, é uma viagem dentro da gente né? Tem que se entregar...
    Adorei!
    Bjs
    Priscilla/bu

    ResponderExcluir
  5. Oi Angela. tuas palavras correm pra dentro de nós cada vez que entramos aqui. Lindas. Nesta vida agitada e estressante nada melhor que praticar o exercício de ficar de bem com a vida. Nada como palavras bonitas para começar o dia.
    Beijos
    Lili

    ResponderExcluir
  6. Ângela, que texto maravilhoso! Tenho trabalhado muito essas questões na minha terapia. Aos poucos tenho aprendido à lidar melhor com o mundo e comigo mesmo!

    Beijocas e excelente semana.

    ResponderExcluir
  7. Oi Flu, amiga eu não conhecia seu blog. Imperdoável! Adorei, vou seguí-la e voltar sempre!
    Bjocas

    ResponderExcluir
  8. Angela, adorei seu texto e seu blog.

    Sou voluntária de uma ong que serve de apoio para o Centro de Estudos Espíritas Allan Kardec e nosso Dirigente tb é Terapeuta Reencarnacionista.

    Sou grande entusiasta deste trabalho e acretido fielmente que toda e qualquer reprogramação mental seja em que nível for é capaz de trazer significativas mudanças, tanto mentais quanto físicas!!!

    Vim através do BU e vou aparecer por aqui sempre!!

    Bjinhos

    Ale

    ResponderExcluir
  9. Meninas do BU, que delícia ler vocês aqui.
    Voltem sempre, tá? Amei, amei!


    BEIJOS!!!!

    ResponderExcluir
  10. Flut
    procurar o equilibrio e a paz interior é um exercício nesse mundo agitado, mas é uma boa recompensa quando conseguimos, tenho procurado muito por isso...
    beijo
    Ju

    hj vim lá pela indicação do BU, mas vc sabe que sempre dou uma passadinha por aqui, né? ;)

    ResponderExcluir
  11. Fiquei lendo e tentando imaginar minha pedra... adorei o exercício! Queria criar o hábito de reservar sempre um tempinho pra mim, pra praticar esse encontro comigo mesma, mas sinceramente, ando tão cansada do corre-corre que onde eu encosto eu durmo...putz! Mas vou tentar! Adoro ler seus textos! Bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...